Search

Japan House: programa gratuito em São Paulo

Conteúdo atualizado em 25 de fevereiro de 2024

Mais um passeio delicioso, cultural e gratuito que fizemos em São Paulo: fomos conhecer a Japan House, na Avenida Paulista, e pudemos conferir as exposições que estavam em cartaz na época: Japão em Sonhos e Construção.

>> Leia também: Programas gratuitos em São Paulo <<

Sobre a Japan House São Paulo

O projeto Japan House foi criado pelo governo japonês com o intuito de difundir a milenar cultura japonesa em todos os seus aspectos: arte, comida, hábitos, natureza. São Paulo foi um dos 3 lugares no mundo escolhidos para abrigar uma Japan House – os outros são Los Angeles, nos EUA, e Londres, na Inglaterra.

A casa abriga exposições itinerantes, organiza workshops, clubes de leitura, apresentações musicais e diferentes eventos (a agenda completa pode ser consultada no site Japan House SP). 

No térreo há uma loja linda com objetos de todos os tipos: louças tradicionais, objetos de arte, origamis delicadíssimos, livros, esculturas, móveis. Também no térreo fica a sala onde atualmente está em cartaz a exposição imersiva Japão em Sonhos (até 26 de abril de 2020), que é linda! Uma sequência de imagens típicas do Japão projetadas nas paredes – o festival das lanternas e a florada das cerejeiras são as mais bonitas e tocantes – junto a uma trilha sonora que faz com que a gente viaje mesmo pelo país. Os visitantes se espalham pelos bancos e pelo chão, numa experiência deliciosa. Os malinhas amaram e vimos muitas outras crianças também encantadas.

No primeiro andar fica uma loja de presentes onde o principal atrativo é a forma tradicional japonesa de embrulhar os objetos em tecido (inclusive eles ensinam como fazê-lo, numa técnica que tem o nome de furoshiki. Por causa das próximas olimpíadas ali também estão expostos dois bonecos grandes dos mascotes dos jogos de 2020, Miraitowa e Someity.

Já no segundo andar ficam as exposições de arte, e a que está atualmente em cartaz até dia 12 de abril de 2020 é a instalação Construção, do artista japonês Tadashi Kawamata. Eu e os malinhas tínhamos visto na TV uma reportagem sobre ela e ficamos encantados! Com o auxílio de 350 universitários voluntários e 180 mil hashis (os famosos palitinhos japoneses), foi construída uma espécie de escultura imensa, que ocupa praticamente a sala toda. Os malinhas ficaram chamando de labirinto mas a intenção do artista foi criar um ambiente com um material totalmente inusitado – como curiosidade, os hashis utilizados na instalação eram refugo, isto é, foram rejeitados por algum defeito ou não conformidade e, portanto, seriam descartados.

Não é permitido tocar na instalação, mas há um pedacinho dela, exposto numa mesa, onde pode-se tocar e ver como os hashis foram colados um a um.

Nas paredes da sala ficam fotos de outras instalações feitas pelo mesmo artista em outras partes do mundo. Não sei se foi impressão minha, mas as mais caóticas sempre estavam fora do Japão – aquelas em terras japonesas me pareceram bem mais “certinhas”.

Também no segundo andar fica um restaurante japonês que me pareceu bem tradicional, mas como não sou muito entusiasta de comida japonesa acabamos não experimentando.

A entrada nas exposições é gratuita e os grupos são organizados por número de pessoas. Primeiro entra-se na sala no térreo e após finalizada a projeção o grupo é encaminhado ao 2o andar, onde pode-se ficar o tempo que quiser.

Localização e funcionamento da Japan House SP

A Japan House fica localizada no início da Avenida Paulista, número 52.

Nós fomos de carro e não foi difícil encontrar um lugar para estacionar ali por perto, numa rua perto da Paulista, mesmo sendo domingo de carnaval. Há também um estacionamento (pago à parte) no subsolo do prédio. De metrô, as estações mais próximas são Paraíso e Brigadeiro.

Horário de funcionamento, programação e agenda cultural podem ser consultados diretamente no site Japan House SP, ou nos perfis do Facebook e Instagram (@japanhousesp)

Vai de avião até São Paulo? Clique no link abaixo e faça uma cotação no nosso parceiro Vai de Promo!

vai-de-promo

Reserve sua hospedagem em São Paulo pelo Booking

Booking.com

Mais dicas de São Paulo capital


Salve essa imagem no seu Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Search

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 14 e 11 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Reserve tours guiados e transfers

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Compre livros e muito mais

Posts Recentes

Livros para refletir sobre o racismo

No mês da Consciência Negra, alguns livros para refletir sobre o racismo, suas origens e consequências, em tempos e países diversos.

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Continue entre Mochilas e Malinhas

Museus de Futebol para conhecer no Brasil

No país onde o futebol é paixão nacional e tema de todas as conversas, uma lista de museus e visitas guiadas para fã nenhum botar defeito.

20 respostas

  1. Bem bacana saber mais da Japan House. Não conhecia. Adoro São Paulo, cheio de surpresas e coisas legais para se fazer por lá. Já posso programar para a próxima visita.

  2. Sou fascinada pela cultura japonesa, acho que fazem tudo (incluindo arte) com uma delicadeza emocionante. O facto de S. Paulo ter sido escolhida para esse centro diz muito sobre a presença japonesa no Brasil. Um privilégio visitar um lugar assim

  3. Adoro que tem sempre exposições novas na Japan House – já fui 2x. Sempre uma boa ideia juntar com outro passeio ali na região da Avenida Paulista!

  4. Sou fascinada pela cultura japonesa, e gosto muito de ver as exposições temáticas. E esse novo espaço Japan House é fantástico, adorei saber. Uma ótima opção de lazer em família.

  5. São Paulo sempre recheada de coisas legais para se fazer, adorei o Japan House, com certeza uma opção ótima para pequenos e grandes aprenderem sobre esta cultura fantástica.

  6. Nós adoramos conhecer a Japan House, a biblioteca tem até uns mangás que as crianças adoraram encontrar. O restaurante tem uma comidinha típica bem gostosinha para quem curte culinária japonesa, mas já vi que não foi o caso de vocês, rs.

  7. Queremos muito visitar esse espaço, adorei esse relato!! São Paulo cabe em tantas viagens, agora é esperar um pouco para retornar a essa terra bonita e levar as crianças na Japan House!

  8. Interessante este projeto para difundir a milenar cultura japonesa!! Programa gratuito e mega bacana!! Ainda hoje temos muito a aprender com o exemplo dos japoneses em muitos aspectos!! E nesta exposição as crianças amaram o Japan House de São Paulo!!

  9. Conheci a Japan House quando fui ao Encontro Japão.br, onde tivemos acesso à cultura japonesa de forma espetacular.
    Achei muito interessante o espaço, e o que mais me chamou a atenção, foi uma exposição com maquetes de obras arquitetônicas super modernas no Japão.
    Uma boa pedida para família com crianças, ótima dica.

  10. Que dica incrível! Eu não conhecia a Japan House. Adorei o espaço e a proposta! Além de tudo isso, é um programa gratuito. Vou incluir no roteiro na minha uma próxima visita a São Paulo

  11. Super interessante essa casa, as coisas dos japoneses não tem explicação, são muito boas né? Adorei as formas de embrulhar presentes, deve ser uma coisa bem cuidadosa.

  12. Aqui em Roma também tem uma Casa do Japão e o legal é que há um passeio guiado pelo jardim. Na época da floração das cerejeiras é muito legal!

  13. A Japan House parece-me um programa perfeito para quem, como eu, gosta de incluir passeios culturais nos seus roteiros. Aliás, a cultura japonesa é de uma graciosidade que merece todo esse destaque. Adorei essa instalação com 180 mil hashis. Imaginar o trabalho que deu para montar. Melhor que visitar a Japan House de S. Paulo, só ir a Tóquio acompanhar os Jogos Olímpicos rs

  14. Já tive algumas chances de passear por São Paulo, mas ficou faltando conhecer a Japan House! Parece ser muito legal, na próxima oportunidade vou seguir suas dicas!

  15. Adorei essa dica de passeio gratuito em São Paulo! Vou pra lá semana que vem e já incluí a Japan House no meu roteirinho 🙂 obrigada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *