Search

Museu é lugar de criança, sim!

Conteúdo atualizado em 5 de março de 2024

Como boa criança de classe média baixa dos anos 80, nascida no interior de São Paulo e com pouco acesso a cultura de modo geral, museus faziam parte de um mundo muito distante para mim durante a infância. Minha ideia geral era que se tratavam de lugares ou cheios de velharias pouco interessantes, ou repleto de obras de arte que eu não saberia interpretar. E os poucos que conheci foram apenas destinos de excursões da escola – onde o principal atrativo era a viagem de ônibus e não o destino final hahaha

Comecei a dar importância aos museus e a de fato apreciá-los quando comecei a viajar, já adulta, em especial para fora do Brasil. Me lembro nitidamente de estar no Museu Rodin, em Paris, e observar maravilhada um grupo de crianças acompanhadas da professora, fazendo alguma atividade escolar que envolvia a observação de esculturas. Comecei a perceber o tanto que podemos aprender (e relembrar aquelas aulas de História que não prestamos atenção na escola!) visitando os mais variados tipos de museus. Porque sim, existem aqueles com “velharias” mas também muitos outros tipos de museus, todos com seu encanto – sendo que muitos deles só descobri depois que passei a viajar com os meus filhos.

Especialmente no Brasil, onde se valoriza tão pouco a cultura e a educação, acredito que é preciso enfatizar que museus podem e devem ser explorados pelas famílias como opção de lazer, e são um excelente meio de aprender mais sobre o mundo. Ah! E para ser um bom programa não é necessário que seja um museu super famoso ou enorme, tipo o Louvre ou o Metropolitan (que são maravilhosos!) – há inúmeros museus de todos os tamanhos e tipos no Brasil, muitos deles na nossa própria cidade, que são ótimas opções de passeios com ou sem crianças.

Nós já visitamos muitos museus Brasil afora, e nossas crianças aprenderam a gostar de frequentá-los. Claro que a preferência recai mais sobre os que têm como tema ciências ou que sejam voltados para o público infantil, mas também conhecemos vários que, em princípio, não são voltados para crianças.

Abaixo alguns que conhecemos e recomendamos.

Museus Tecnológicos e de Ciências

Não tem como iniciar uma lista de museus de ciências sem ser pelo Catavento, que fica em São Paulo e é sempre um destino citado quando se fala em passeios com crianças na capital. Também é um lugar bem popular para grupos e excursões escolares. Mas isso tudo só reforça que é mesmo um museu incrível, com um acervo fixo muito bom em biologia, química e física e várias exposições temporárias super diferentes. Na área externa ficam expostos meios de transporte, antigos e atuais, como carroças do início do século, um vagão de trem e um avião cortado. Dá para ir várias vezes sem enjoar!

>> Leia também: Passeios em São Paulo – Catavento Cultural e Mercadão

Outro museu nos mesmos moldes do Catavento foi inaugurado em 2019 aqui em São José dos Campos, onde moramos, e ganhou o pomposo nome de Casa do Saber Marechal Aviador Casimiro Montenegro Filho – ou simplesmente MIC – Museu Interativo de Ciências. O diferencial desse museu é a presença dos monitores em cada estação, para auxiliar e explicar os experimentos, e a programação que é bem variada e sempre divulgada no perfil do Instagram. Nós já estivemos lá duas vezes e nosso caçula foi uma terceira vez, numa excursão promovida pela escola onde estuda.

>> Leia mais aqui: Museu Interativo de Ciências de São José dos Campos

Ainda em São José dos Campos recomendamos o Memorial Aeroespacial Brasileiro, um museu gratuito que conta um pouco do desenvolvimento tecnológico da cidade – afinal, aqui ficam o ITA, o DCTA e a Embraer, três pilares da tecnologia aeronáutica brasileira. Do lado de fora há aviões, satélites e foguetes de verdade; já dentro do prédio, o acervo é dividido em 4 partes: Aeronáutica, Defesa, Ensino e Pesquisas. Há um avião Bandeirante, o primeiro carro movido a álcool, mísseis e outros objetos desenvolvidos no ITA ou no DCTA. Na nossa última visita, em homenagem ao aniversário de 150 anos de Santos Dumont, havia uma réplica do famoso 14 Bis.

>> Leia mais aqui: Memorial Aeroespacial em São José dos Campos

Museus de História Natural, Zoologia e Biologia

Em São Paulo capital há várias opções bacanas de museus desse tipo, um dos preferidos dos malinhas – que apesar de já não serem tão pequenos ainda adoram bichos de todos os tipos, vivos ou mortos rsrs Destacamos aqui o Museu de Zoologia da USP e os museus do Instituto Butantan, que inclusive visitamos num mesmo dia há alguns anos (e rendeu este post: Passeios animais em São Paulo: Museu de Zoologia da USP e Instituto Butantan).

O Museu de Zoologia da USP é um museu gratuito que ocupa uma casa antiga no bairro do Ipiranga (pertinho do Museu do Ipiranga), e tem como foco a biodiversidade e evolução. O acervo pode parecer meio caótico à primeira vista mas logo se faz entender, e por ser tão abrangente tem de tudo: de dinossauros a conchas, muitos animais empalhados, reprodução dos biomas brasileiros, animais aquáticos, evolução dos hominídeos, etc. Eles oferecem também muitas atividades extras aos finais de semana, feriados e férias escolares, basta acompanhar a programação no site ou no perfil do Instagram @museu_zoologia.

O Instituto Butantan é um lugar maravilhoso para se visitar em São Paulo, e combina 3 museus com uma área verde incrível. As crianças amam o Museu Microbiológico e seus microscópios, assim como o Museu Biológico, com cobras, sapos e outros bichos vivos. No Museu Histórico, a chance de ver equipamentos, móveis e documentos antigos e entender a origem do Butantan. Eu particularmente acho fascinante poder conhecer um pouco do lugar que produz a maior parte das vacinas consumidas no Brasil, e onde estão foram desenvolvidas novas vacinas, como a da covid e da dengue. Ah, e os museus sempre oferecem uma programação de eventos bacana, que pode ser consultada no site Parque da Ciência.

Já indo para o interior de São Paulo, um dos nossos queridinhos é o Museu de História Natural de Taubaté, onde já fomos várias vezes. Perfeito para crianças de todas as idades, pois tem dinossauros e toda espécie de bichos empalhados. De tempos em tempos o acervo é modificado, o que significa que dá pra repetir o passeio sem risco de ver as mesmas coisas. O museu também oferece uma programação variada ao longo do ano, cuja agenda pode ser conferida no perfil do Instagram @mhnt.taubate.

>> Leia o post completo aqui: Conheça com a gente o Museu de História Natural de Taubaté

Outro museu muito bacana e que vai encantar os pequenos que amam dinossauros é o espaço Viagem pela Evolução e Biodiversidade do Mundo que fica dentro do Zooparque Itatiba. Além de visitar o zoológico – que por si só é um programa ótimo – está incluída no ingresso essa atração, inaugurada em 2020, que mostra a evolução da Terra e seus aspectos biológicos. Há esqueletos de dinossauros e muitas réplicas de animais pré-históricos, divididos pelas diferentes regiões do planeta. O zooparque tem também uma programação bem variada, sempre divulgada no perfil do Instagram @zooparque.itatiba.

>> Leia mais aqui: Como é o Zooparque Itatiba

E que tal um museu de animais marinhos? Pois o Museu do Mar, em Santos, no litoral paulista, é muito interessante. Apesar de pequenininho, possui um dos maiores acervos de biologia marítima da América Latina. Há esqueletos, animais taxidermizados, réplicas, conchas de todos os tipos – enfim, uma infinidade de animais marinhos curiosos, grandes e pequenos. E o legal é que é possível comprar o ingresso casado com o Museu Marítimo, que fica na mesma rua, e que tem um acervo cheio de história das embarcações marinhas mais famosas de todos os tempos (como o Titanic e o Príncipe de Astúrias).

>> Leia também: O que fazer em Santos: 14 passeios imperdíveis

Museus Históricos

Embora pareçam menos interessantes para as crianças à primeira vista, os museus históricos podem ser sim divertidos como uma viagem no tempo!

Um dos mais bacanas que já visitamos é o Museu da Imigração em São Paulo, que funciona no antigo prédio da Hospedaria dos Imigrantes. Era ali que, no início do século 20, era feita a triagem e quarentena dos imigrantes que vinham da Europa e do Japão, principalmente, para trabalhar nas fazendas de São Paulo e do Paraná. Hoje pode-se conhecer um pouco sobre quem eram essas pessoas, como e porque vinham para cá, em que condições se hospedavam. Ótima oportunidade de conhecer um pouco mais desse pedaço da história do Brasil.

>> Leia também: São Paulo – dicas de passeios curtos

Falando em imigração, destacamos aqui dois outros museus pequenininhos mas muito interessantes que também têm como tema imigração: o Museu Finlandês Eva Hilden, em Penedo (RJ) e o Memorial Ucraniano, em Curitiba (PR).

No pequeno distrito de Penedo, na fronteira do estado do Rio com São Paulo, fica o Museu Finlandês. Penedo foi originalmente fundada por finlandeses, e o museu se originou de uma coleção particular, fazendo parte do Clube Finlândia. A intenção ali é mostrar um pouco da cultura, geografia e costumes da Finlândia, assim como registrar como foi a colonização daquela região. Muito interessante, pois sabemos tão pouco desse país escandinavo.

>> Leia mais aqui: Itatiaia e Penedo em um fim de semana

Um dos pontos turísticos mais famosos de Curitiba, o Memorial Ucraniano fica no Parque Tingui e é formado por um portal, uma réplica da antiga capela de São Miguel Arcanjo, um campanário e uma pêssanka gigante (simbolizando a tradição ucraniana dos ovos pintados à mão). Na pequena capela construída em madeira, em estilo bizantino, fica uma exposição permanente de pêssankas, bordados e pinturas, além de muitas informações históricas sobre a Ucrânia – um país que sofreu guerras e invasões de vários povos ao longo dos séculos até hoje.

E que tal uma viagem pelo Egito antigo sem sair do Brasil? Pois é isso que o Museu Egípcio e Rosacruz, também em Curitiba, oferece. Divididos entre três diferentes espaços, há um acervo permanente, exposições temporárias e uma área externa, todas com réplicas de objetos do antigo Egito. Um museu bem inusitado e interessante.

>> Leia mais sobre o Memorial Ucraniano e o Museu Egípcio aqui: Museus para conhecer em Curitiba

Um museu de trens ao ar livre pode ser um passeio muito bacana! Conhecer Paranapiacaba, um distrito de Santo André na grande SP, já é entrar num túnel do tempo. A cereja desse bolo é o Museu Tecnológico Funicular, repleto de história das ferrovias no Brasil, onde se pode ver partes dos trens e vários objetos utilizados nos trens e nas estações, ver as caldeiras antigas, entender um pouco do funcionamento da estação – tudo em tamanho natural e nos próprios prédios que eram utilizados há mais de um século. Nós adoramos o museu e a vila em si.

>> Leia mais no post: O que fazer em Paranapiacaba em um dia

Se a ideia for mergulhar na História do Brasil, não existe lugar melhor que Petrópolis, na serra do Rio de Janeiro. O centro histórico é incrível e os museus são maravilhosos! Os destaques são o Museu Imperial, que foi residência de verão da família imperial brasileira e o Museu Casa de Santos Dumont, uma casinha projetada pelo próprio, cheia de excentricidades e curiosidades.

O Museu Imperial é um dos museus históricos mais bem conservados e organizados do Brasil, que conta com detalhes o período imperial no Brasil através de móveis, documentos e outros objetos da época. Ocupa um lindo prédio rosa em estilo neoclássico e é cercado por um jardim especialmente projetado a pedido de D. Pedro II – conhecido por ser um amante das artes e das ciências.

>> Leia aqui o nosso roteiro de 4 dias em Petrópolis com crianças

Já o Museu Casa de Santos Dumont é cheio de curiosidades do seu excêntrico proprietário: Santos Dumont construiu a casinha na Rua do Encanto para ser sua residência quando estivesse no Brasil, e hoje ainda estão lá todos os detalhes (como a escada cujos degraus obrigam que se comece a subir com o pé direito e o “chuveiro” inventado por ele). No acervo, móveis, documentos e objetos (como o famoso chapéu panamá que se tornou sua marca registrada) que contam um pouco de sua vida.

>> Leia aqui o post completo: Visita à “Encantada” – o Museu Casa de Santos Dumont em Petrópolis

Museus de Futebol

São muitos os museus sobre futebol no Brasil – afinal, é o esporte preferido dos brasileiros, não? E apesar de não sermos exatamente fãs de futebol (com exceção do pai dos malinhas), o esporte é uma manifestação cultural importantíssima no país. Como normalmente esses museus se localizam dentro dos estádios, é muito interessante ver como a história de cada estádio se entrelaça com a da cidade ou bairro onde se localiza.

Um dos mais famosos museus desse tipo é o Museu do Futebol em São Paulo, localizado dentro do estádio do Pacaembu. Com uma proposta tecnológica e interativa, ligada ao esporte em si e não a algum time específico, o museu é um prato cheio para quem gosta de futebol e apresenta um acervo muito bacana, que insere o visitante na experiência do esporte. O museu também apresenta exposições temporárias e uma programação bastante variada, disponível no site e no perfil do Instagram @museudofutebol.

>> Leia aqui o post completo: Museu do Futebol em São Paulo

Outro museu muito interessante sobre futebol fica dentro do Mineirão, em Belo Horizonte: o Museu Brasileiro do Futebol. É possível conhecer somente o museu, mas recomendamos fazer a visita guiada completa ao estádio, que é muito bacana – mesmo para quem não é fã de futebol ou mineiro. A visita inclui os bastidores e também a presença do guia dentro do museu, que tem um acervo bem abrangente contando um pouco da história do desenvolvimento de BH, entrelaçada às histórias do futebol mineiro e do futebol brasileiro de modo geral.

>> Leia aqui o post completo: Como é a visita guiada ao Mineirão

Vale falar também do Museu Pelé, em Santos, no litoral paulista – totalmente dedicado ao maior e mais famoso jogador de futebol de todos os tempos. Instalado num casarão no centro histórico de Santos, o museu é uma grande homenagem a Pelé e em seu acervo há documentos, fotos, camisas, troféus e outros objetos relacionados à sua carreira.

Ah, vale conhecer também os museus específicos de cada time: por conta do marido são-paulino, já fizemos a visita guiada ao Morumbi, que inclui o Memorial Luiz Cássio dos Santos Werneck (onde ficam homenagens e prêmios aos jogadores mais importantes que passaram pelo time, bem como uma exposição de todos os troféus e prêmios). E aproveitamos também um fim de semana em Santos para conhecer o Memorial das Conquistas do Santos, que fica dentro do famoso estádio da Vila Belmiro.

Museus de Arte

Estamos longe de ser entendidos de arte, mas a Pinacoteca de São Paulo é um lugar tão icônico da cidade de São Paulo que tem que ser visitada ao menos uma vez. Além de ficar ao lado da Estação da Luz, é um prédio lindo e sempre tem mostras diferentes, capazes de agradar a todos os gostos. Para os menores, há toda uma área onde se pode tocar as obras – uma experiência super interessante até pra nós adultos. Colado a ela fica o Parque da Luz com várias obras também pertencentes ao acervo da Pinacoteca.

>> Aqui os detalhes desse passeio: São Paulo – dicas de passeios curtos

Outro museu de arte que é também ícone da cidade de São Paulo é o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, o MASP. Localizado na Avenida Paulista e ponto nervoso de toda e qualquer manifestação na cidade – quem nunca ouviu falar do “vão do MASP”? -, o MASP é bem mais que um simples ponto de encontro, a começar pelo prédio cheio de estilo, projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi. Ele pretende trazer arte como motivo de questionamento, abordando temas atuais como racismo, feminismo e inclusão social. Além do seu acervo permanente há sempre exposições temporárias, basta consultar o site. Nós fomos na exposição da pintora modernista Tarsila do Amaral, que os malinhas já tinham estudado na escola, e ficamos encantados.

Vale muito a pena visitar o MASP e depois combinar uma caminhada pela Avenida Paulista num domingo, exatamente como fizemos e contamos neste post: MASP + Avenida Paulista com crianças

Em Curitiba, o MON – Museu Oscar Niemeyer é, sem dúvidas, um dos museus mais lindos que já fomos! O prédio em si é uma obra de arte, os espaços amplos e as exposições com temas variados são as atrações principais. Passeio obrigatório pra quem vai a Curitiba (inclusive faz parte do roteiro dos ônibus turísticos). Com certeza não é necessário ser entendido em arte para apreciar a beleza desse museu – e mesmo os bem pequenos vão gostar.

>> Leia mais sobre o Memorial Ucraniano e o Museu Egípcio aqui: Museus para conhecer em Curitiba

Um museu a céu aberto, com esculturas que as crianças podem interagir, em meio à linda paisagem da Serra da Mantiqueira: assim é o Museu Felícia Leirner. Localizado em Campos do Jordão, no alto de um morro e com uma vista incrível, é um dos nossos lugares preferidos na cidade e recomendamos a todos que nos perguntam o que fazer por lá. Tenho certeza que mesmo aqueles mais resistentes, que dizem não entender nada de arte, vão amar esse museu.

Um lugar tão bonito que mereceu um post só pra ele: Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão

Poderia continuar escrevendo aqui pra sempre! Com certeza faltaram vários museus nessa lista – nesse post estão apenas aqueles onde estivemos mais recentemente e mais nos marcaram. Vale compartilhar aqui a lista de museus em Belo Horizonte que o blog Expedições em Família fez, todos incríveis: Museus de Belo Horizonte com crianças

De qualquer modo, fica aqui a dica: não perca a oportunidade de entrar em museu! Sempre vai ter algo interessante que vale a pena ser conversado e explorado com os pequenos.


Salve essa imagem no seu Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Search

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 14 e 11 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Reserve tours guiados e transfers

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Compre livros e muito mais

Posts Recentes

Livros para refletir sobre o racismo

No mês da Consciência Negra, alguns livros para refletir sobre o racismo, suas origens e consequências, em tempos e países diversos.

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Continue entre Mochilas e Malinhas

Museus de Futebol para conhecer no Brasil

No país onde o futebol é paixão nacional e tema de todas as conversas, uma lista de museus e visitas guiadas para fã nenhum botar defeito.

5 Responses

  1. Concordo inteiramente com você, museu é uma diversão para as crianças sim. Aqui começamos a levar os nossos filhos desde cedo, levávamos em conta as idades e os temas dos museus para que eles fossem se acostumando e entendendo todo o processo. Fiquei muito feliz quando meus filhos viajaram sozinhos para intercâmbios e foram a museus, isso me mostrou que eles assimilaram o que passamos.

  2. Sim! Museu é lugar de criança e acho que elas devem ser incentivadas a visitar estes lugares desde cedo. Há muitos museus com propostas muito interessantes para os pequenos. Aqui no Rio, gosto muito do trabalho do Museu do Amanhã.

  3. Concordo completamente que lugar de criança é no museu. Meu filho ama e já aprendeu muito nos museus que visitamos. Dá sua lista o que ele mais gostou foi o Catavento em São Paulo, que é tudo de bom. Até eu amo.

  4. Que ótima seleção de museus para visitar com crianças! Eu já conheço alguns dessa lista, mas fui depois de adulta mesmo rs. E quero muito conhecer o Museu Egípcio em Curitiba!

  5. Sua história revela uma jornada emocionante de descoberta e apreço por museus, desde a infância até experiências enriquecedoras em viagens. Inspirador e reflexivo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *