Roteiro em Guararema com crianças

Guararema é uma cidadezinha que fica a cerca de 80 km de São Paulo, escondidinha entre Mogi das Cruzes e Jacareí – portanto, bem pertinho daqui também! Já fizemos o passeio de trem (contei aqui nesse post) há algum tempo, e no final do ano passado fomos até lá ver os enfeites de Natal, pois a cidade ficou famosa pela sua decoração nessa época.

Nessa última visita ganhamos um mapinha maravilhoso, com todos os detalhes dos principais pontos turísticos e sugestões de dois roteiros através da cidade.

Abaixo alguns dos pontos que conhecemos e recomendamos (lembrando que dá pra conhecer vários lugares no mesmo dia, pois a cidade é pequenininha e os lugares são bem próximos uns dos outros):

Parque Municipal da Pedra Montada

Fica a cerca de 8 km do centro da cidade, numa estrada municipal, ao final da Rota Paraíba do mapa. Foi nosso passeio mais recente e super recomendo!

Uma graça de parque! Subindo as escadas da foto, logo se dá de cara com a tal Pedra Montada – duas pedronas, uma misteriosamente equilibrada em cima da outra, uma verdadeira escultura da natureza.

Seguindo pela trilha, mais ou menos 300 m de subidinha, fomos até a Pedra do Tubarão, outra formação rochosa fantástica que realmente parece um tubarão! No caminho ficamos fascinados com a quantidade de aranhas e teias entre as árvores, muito interessante – pena que não conseguimos tirar fotos de nenhuma delas de perto

Aproveitamos e almoçamos no parque mesmo, que tem um restaurante bem honesto de comida caseira. A estrutura do parque é muito boa, bem sinalizado, com vários banheiros e, além do restaurante, há também um barzinho com salgadinhos e bebidas.

Igreja Nossa Senhora d´Ajuda

Fica no caminho para o Parque da Pedra Montada. É uma construção muito antiga, de cerca de 1595, às margens do rio Paraíba. Em princípio seria uma espécie de forte para controle do comércio que passava por ali, e em 1682 foi criada a capela. São 85 degraus até a porta, e de cima a vista é linda! Nos fundos fica um pequeno jardim e a sala de catequese. Nós nos encantamos com as oliveiras, malinhas nunca tinham visto uma de perto.

Estação Guararema

É o local de onde parte o passeio de trem, que leva até o distrito de Luís Carlos. A estação foi utilizada de 1876 até meados da década de 70, e desde 2015 opera esse passeio turístico.

Na estação fica também o Pátio dos Ferroviários, onde fica estacionada a maria-fumaça, e o Museu Nacional Ferroviário, com muitas peças e objetos originais.

Detalhes do passeio de trem aqui nesse post e no site www.tremdeguararema.com.br.

E no blog Viagens de Cá pra Lá tem um post completo da Maria-Fumaça: Passeio de Trem Maria Fumaça em Guararema uma volta ao passado

Recanto do Américo

Cartão postal da cidade, que fica lindo durante o Natal mas vale a pena ser visitado o ano inteiro. É um parque às margens do rio, cheio de pontes e ilhazinhas, de onde se vê a água de pertinho.

Travessia Dona Victória e Centro Artesanal

Mais uma ponte fofa que leva a uma pracinha, e nesta praça fica o Centro Artesanal Dona Nenê, onde ficam os artesãos vendendo seus trabalhos.

Na época de Natal a ponte fica toda enfeitada (como nessa foto) e na praça é montada uma enorme árvore de Natal totalmente feita com materiais recicláveis, muito lindo!

Vila de Luís Carlos

Fica a cerca de 7 km da cidade de Guararema e é o ponto final do passeio de trem. Foi totalmente restaurada e ficou um charme! Nós já fomos de trem e de carro.

As casinhas próximas à estação foram restauradas e muitas se tornaram comércio – há restaurantes, sorveterias, lanchonetes, lojinhas… Numa das vielas há um espaço com exposições de antiguidades, adoramos. É um passeio encantador para as crianças, mesmo indo de carro.

Registrei aqui os pontos que conhecemos, mas meus malinhas já conhecem até mais! Já foram com os avós até a Igreja Nossa Senhora da Escada, super antiga também, construída pelos jesuítas em 1652, onde fica a única imagem de São Longuinho no Brasil – sabe, aquele dos 3 pulinhos? Eles amam essa história!

Há também a Ilha Grande, um espaço para conhecer um pouco da fauna e da flora da região, onde fomos há vários anos, que foi revitalizado e soube que está mais bonito que nunca!

Em resumo: não há dúvida que a prefeitura da cidade tem feito um esforço muito bem-sucedido de estimular o turismo na cidade. Por toda a parte há placas, os mapinhas estão em todos os estabelecimentos comerciais, tudo parece bem cuidado e preservado. Sem dúvida um passeio delicioso para fazer em família!

Gostou?
Tem mais ecoturismo e cidadezinhas adoráveis nos posts abaixo:

↪ Roteiro pelo centro de São Luiz do
Paraitinga com 2 malinhas

↪ Itatiaia e Penedo em um fim de semana com
2 malinhas

↪ Um dia em Gonçalves (MG) com 2 malinhas

↪ Monte Verde com 2 malinhas

↪ O que fazer em Paranapiacaba com 2
malinhas

↪ O que fazer em Jarinu (SP) com malinhas

↪ Entre Minas e São Paulo: o que fazer em Andradas e Espírito Santo do Pinhal

 

 Salve essa imagem no seu Pinterest –

 

 

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens (mentais ou reais) desde 2009; e nossos 2 malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 12 e 10 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga. Às vezes somos 5, quando meu enteado, atualmente com 19 anos, nos acompanha – os malinhas amam quando o irmão mais velho está junto!

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Vá de carro

Compre suas passagens

Não viaje sem seguro

Leia com a gente

Posts Recentes

Continue entre Mochilas e Malinhas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *