Search

Roteiro em Guararema com crianças

Conteúdo atualizado em 25 de janeiro de 2024

Guararema é uma cidadezinha que fica a cerca de 80 km de São Paulo, escondidinha entre Mogi das Cruzes e Jacareí – portanto, bem pertinho daqui também! Já fizemos o passeio de trem (contei aqui nesse post) há algum tempo, e no final do ano passado fomos até lá ver os enfeites de Natal, pois a cidade ficou famosa pela sua decoração nessa época.

Nessa última visita ganhamos um mapinha maravilhoso, com todos os detalhes dos principais pontos turísticos e sugestões de dois roteiros através da cidade.

Abaixo alguns dos pontos que conhecemos e recomendamos (lembrando que dá pra conhecer vários lugares no mesmo dia, pois a cidade é pequenininha e os lugares são bem próximos uns dos outros):

Parque Municipal da Pedra Montada

Fica a cerca de 8 km do centro da cidade, numa estrada municipal, ao final da Rota Paraíba do mapa. Foi nosso passeio mais recente e super recomendo!

Uma graça de parque! Subindo as escadas da foto, logo se dá de cara com a tal Pedra Montada – duas pedronas, uma misteriosamente equilibrada em cima da outra, uma verdadeira escultura da natureza.

Seguindo pela trilha, mais ou menos 300 m de subidinha, fomos até a Pedra do Tubarão, outra formação rochosa fantástica que realmente parece um tubarão! No caminho ficamos fascinados com a quantidade de aranhas e teias entre as árvores, muito interessante – pena que não conseguimos tirar fotos de nenhuma delas de perto

Aproveitamos e almoçamos no parque mesmo, que tem um restaurante bem honesto de comida caseira. A estrutura do parque é muito boa, bem sinalizado, com vários banheiros e, além do restaurante, há também um barzinho com salgadinhos e bebidas.

Igreja Nossa Senhora d´Ajuda

Fica no caminho para o Parque da Pedra Montada. É uma construção muito antiga, de cerca de 1595, às margens do rio Paraíba. Em princípio seria uma espécie de forte para controle do comércio que passava por ali, e em 1682 foi criada a capela. São 85 degraus até a porta, e de cima a vista é linda! Nos fundos fica um pequeno jardim e a sala de catequese. Nós nos encantamos com as oliveiras, malinhas nunca tinham visto uma de perto.

Estação Guararema

É o local de onde parte o passeio de trem, que leva até o distrito de Luís Carlos. A estação foi utilizada de 1876 até meados da década de 70, e desde 2015 opera esse passeio turístico.

Na estação fica também o Pátio dos Ferroviários, onde fica estacionada a maria-fumaça, e o Museu Nacional Ferroviário, com muitas peças e objetos originais.

Detalhes do passeio de trem aqui nesse post e no site www.tremdeguararema.com.br.

E no blog Viagens de Cá pra Lá tem um post completo da Maria-Fumaça: Passeio de Trem Maria Fumaça em Guararema uma volta ao passado

Recanto do Américo

Cartão postal da cidade, que fica lindo durante o Natal mas vale a pena ser visitado o ano inteiro. É um parque às margens do rio, cheio de pontes e ilhazinhas, de onde se vê a água de pertinho.

Travessia Dona Victória e Centro Artesanal

Mais uma ponte fofa que leva a uma pracinha, e nesta praça fica o Centro Artesanal Dona Nenê, onde ficam os artesãos vendendo seus trabalhos.

Na época de Natal a ponte fica toda enfeitada (como nessa foto) e na praça é montada uma enorme árvore de Natal totalmente feita com materiais recicláveis, muito lindo!

Vila de Luís Carlos

Fica a cerca de 7 km da cidade de Guararema e é o ponto final do passeio de trem. Foi totalmente restaurada e ficou um charme! Nós já fomos de trem e de carro.

As casinhas próximas à estação foram restauradas e muitas se tornaram comércio – há restaurantes, sorveterias, lanchonetes, lojinhas… Numa das vielas há um espaço com exposições de antiguidades, adoramos. É um passeio encantador para as crianças, mesmo indo de carro.

Registrei aqui os pontos que conhecemos, mas meus malinhas já conhecem até mais! Já foram com os avós até a Igreja Nossa Senhora da Escada, super antiga também, construída pelos jesuítas em 1652, onde fica a única imagem de São Longuinho no Brasil – sabe, aquele dos 3 pulinhos? Eles amam essa história!

Há também a Ilha Grande, um espaço para conhecer um pouco da fauna e da flora da região, onde fomos há vários anos, que foi revitalizado e soube que está mais bonito que nunca!

Em resumo: não há dúvida que a prefeitura da cidade tem feito um esforço muito bem-sucedido de estimular o turismo na cidade. Por toda a parte há placas, os mapinhas estão em todos os estabelecimentos comerciais, tudo parece bem cuidado e preservado. Sem dúvida um passeio delicioso para fazer em família!

Gostou?
Tem mais ecoturismo e cidadezinhas adoráveis nos posts abaixo:

↪ Roteiro pelo centro de São Luiz do
Paraitinga com 2 malinhas

↪ Itatiaia e Penedo em um fim de semana com
2 malinhas

↪ Um dia em Gonçalves (MG) com 2 malinhas

↪ Monte Verde com 2 malinhas

↪ O que fazer em Paranapiacaba com 2
malinhas

↪ O que fazer em Jarinu (SP) com malinhas

↪ Entre Minas e São Paulo: o que fazer em Andradas e Espírito Santo do Pinhal

 

 Salve essa imagem no seu Pinterest –

 

 

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Search

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 14 e 11 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Reserve tours guiados e transfers

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Compre livros e muito mais

Posts Recentes

Livros para refletir sobre o racismo

No mês da Consciência Negra, alguns livros para refletir sobre o racismo, suas origens e consequências, em tempos e países diversos.

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Chegou o momento das férias

O período de férias do meio do ano é a oportunidade esperada para um merecido descanso e poder desfrutar de uma pausa que permita se

Museu Hering em Blumenau

Um museu interativo que reúne história, cultura e moda em Blumenau, através da história da Cia. Hering.

Continue entre Mochilas e Malinhas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *