Search

Escola de Falcoaria em Monte Verde

Conteúdo atualizado em 16 de março de 2024

O pequeno distrito de Monte Verde, esse conhecidíssimo destino de inverno localizado no sul de Minas Gerais, oferece várias atrações bacanas. Tem trilhas e mirantes incríveis, ótimos restaurantes, passeios pelas montanhas e outras opções de ecoturismo – e oferece também uma atração muito diferente para quem ama a natureza e gosta de aprender coisas novas: a Escola Mineira de Falcoaria.

Mas afinal, o que é a Falcoaria?

A Falcoaria é a técnica de treinar aves de rapina (corujas, falcões, águias e gaviões), tem mais de 4 mil anos de história e é considerada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO. O objetivo da falcoaria não é adestrar ou domesticar os pássaros, e sim treiná-los para interagir com os seres humanos.

Seguindo essa lógica, na Escola Mineira de Falcoaria algumas aves são treinadas para interagir com os seres humanos e, dessa forma, difundir um pouco dessa arte tão antiga. No Brasil só existem outras duas escolas de falcoaria, uma em Santa Catarina e outra em Sergipe.

Como é a visita à Escola Mineira de Falcoaria

Criada, mantida e administrada pelo biólogo Riuvânio, a Escola Mineira de Falcoaria oferece visitas que podem ou não incluir o manejo das aves. O agendamento das visitas e o tipo de manejo oferecido mudou um pouco de quando estivemos lá, há alguns anos, mas o objetivo continua o mesmo: difundir o conhecimento e oferecer uma oportunidade única aos visitantes de interagir com diferentes aves de rapina (mais detalhes sobre as visitas no final do post). Nossos malinhas amaram o passeio e nós, adultos, aprendemos muito.

Os alimentos das aves (basicamente ratos e codornas) são criados ali e é feito um rígido controle da saúde das aves e da frequência de alimentação delas, de forma que vivam de maneira muito parecida ao que viveriam na natureza. Nossos malinhas adoraram ver os ratinhos e ajudar a alimentá-los com ração, e como bem treinados que são de tanto assistir Discovery Channel, nem ficaram abalados por saber que aqueles ratinhos tão fofinhos iam virar comida das corujas e gaviões rsrs.

Nossa malinha mais velha carregou a coruja Snow, uma ave linda que alçava voo a cada rajada de vento e é super amigável com os humanos. A pessoa que vai carregar a ave é preparada com aquela luva de couro, com um ganchinho preso à correntinha que fica atada à perna do pássaro.

Conforme íamos tirando fotos, o Riuvânio ia nos ensinando um pouco sobre as corujas. Aprendemos que, apesar de terem hábitos noturnos, elas não dormem o dia todo e interagir com elas durante o dia não as cansa ou estressa. Que não podemos passar as mãos nas penas delas (e nem nas dos falcões e gaviões) para não estragá-las – embora pareçam tão macias que o primeiro instinto é mesmo passar a mão! Ele também nos ensinou que as corujas enxergam muito mal de perto e por isso não é bom chegar com as mãos muito perto do seu bico, pois podem achar que é alimento e bicar. Ficamos todos encantados com a simpatia da corujinha!

Já os gaviões e falcões enxergam super bem e dificilmente bicariam alguém que tentasse tocar neles. De qualquer modo vale a mesma regra: nada de passar a mão nas penas! No máximo passar os dedos de leve nos pezinhos, como na foto abaixo. Os malinhas ficaram admirando e conversando com as 3 aves que estavam ali enquanto o Riuvânio foi preparar a “comida” (matar e fatiar um ratinho) para o voo com o falcão.

Seguimos então para um campo aberto ali ao lado, para realizar o manejo de um dos falcões. Novamente o Riuvânio deu todas as instruções, inclusive a posição correta de segurar a comida na mão para que o falcão pudesse se apoiar e comer. O falcão voava para o galho de uma árvore ali perto e voltava para comer, num voo rasante. Muito lindo! E ficamos muito impressionados com o treinamento da ave, que obedecia aos comandos sem nenhuma dificuldade.

Recomendamos demais esse passeio em Monte Verde! Achamos muito importante que as crianças tenham contato com a natureza dessa forma, podendo admirar e conhecer um pouco do mundo à nossa volta. E ficamos muito impressionados com o trabalho feito ali, com muito respeito às aves e com a clara intenção de educação ambiental.

Agendamento das visitas e localização da Escola Mineira de Falcoaria

A Escola Mineira de Falcoaria já mudou algumas vezes de local desde que estivemos lá, portanto as fotos desse post não vão corresponder ao lugar onde funciona hoje, embora a estrutura seja semelhante. A nossa visita incluiu a interação e as fotos com a coruja, além da alimentação do falcão, mas é importante se informar antes de ir para entender o que está incluído no manejo atualmente.

As informações necessárias para a visita podem ser encontrados no perfil do Instagram @escoladefalcoaria. Na bio há um link para o agendamento das visitas, assim como instruções de como chegar e horários de funcionamento.


Encontre sua hospedagem em Monte Verde pelo nosso parceiro Booking.

Booking.com

Confira abaixo algumas outras sugestões de passeios em Monte Verde, pelo nosso parceiro Civitatis.


Salve essa imagem no seu Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Search

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 14 e 11 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Reserve tours guiados e transfers

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Compre livros e muito mais

Posts Recentes

Livros para refletir sobre o racismo

No mês da Consciência Negra, alguns livros para refletir sobre o racismo, suas origens e consequências, em tempos e países diversos.

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Continue entre Mochilas e Malinhas

Museus de Futebol para conhecer no Brasil

No país onde o futebol é paixão nacional e tema de todas as conversas, uma lista de museus e visitas guiadas para fã nenhum botar defeito.

9 respostas

  1. Nós estivemos numa falcoaria aqui em Portugal. É sempre uma visita interessante com crianças. É incrível as coisas que se aprendem quando nos contam a historia da arte da falcoaria.

  2. Interessante! Não sabia dessas peculiaridades sobre a falcoaria. Gostei de conhecer a escola de Monte Verde a partir do seu olhar. Interagir com animais é quase sempre incrível e as crianças ficam em êxtase!

  3. Não imaginava que existia uma escola de falcoaria aqui no Brasil! Acho que as crianças devem amar esse passeio né? Vejo tanta coisa interessante nos blogs sobre Monte Verde. Tenho vontade de visitar.
    Obrigada por compartilhar!

  4. Que passeio incrível!!! Meu filho ia amar, adoro levá-lo para estar em contato com a natureza. Deve ser uma experiência ímpar ver de perto um falcão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *