Museu do Futebol e Morumbi com crianças

Marido é louco por futebol desde criança e fazia tempo que queríamos fazer um passeio “futebolístico” por São Paulo, combinando o Museu do Futebol com a visita ao estádio do Morumbi (pois além de amante do futebol, é torcedor do São Paulo e faz lavagem cerebral nos malinhas para seguirem seus passos).

Museu do Futebol

Fomos então num sábado pela manhã direto para o Pacaembu – o Museu do Futebol fica nas dependências do estádio municipal Paulo Machado de Carvalho. Dá pra estacionar tranquilamente na praça Charles Miller na frente do estádio (é zona azul). A entrada, aos sábados, é gratuita (informações sobre os preços e a agenda de eventos aqui no site).

fachada do estádio do Pacaembu

Logo na entrada, chamada de Grande Área, ficam expostos vários painéis com flâmulas, propagandas, fotos, notícias, figurinhas, todas antigas e enquadradas. Tem pra todos os gostos e times.

Subimos a escada rolante e seguimos para um ambiente super tecnológico – fica bem claro que a proposta do museu é relembrar o passado com o auxílio da tecnologia. Numa área chamada Anjos Barrocos ficam os painéis com fotos meio transparentes de grandes jogadores, junto com a Sala dos Gols e a Sala do Rádio, onde é possível assistir e ouvir partes de jogos históricos. Pra quem gosta e lembra desses lances, é um prato cheio. 

O final desse andar termina bem embaixo das arquibancadas do estádio, chamada de Sala da Exaltação, que tem como objetivo trazer a sensação de estar dentro de um jogo (com todo o ruído – malinhas meio se assustaram porque o som é bem alto mesmo).

Ali ao lado fica a Sala Pé na Bola, onde as crianças podem jogar virtualmente – um campo fica projetado no chão e as crianças podem chutar a “bola”. Uma das partes que os malinhas mais gostaram, sem dúvida!

Subindo mais um lance de escadas, ficam as Salas dos Heróis, Rito da Passagem e das Copas do Mundo – nelas se conta um pouco da história e da evolução do esporte com o auxilio de fotos e painéis, bem didático. Sobre as copas eu não lembrava quase nada, bem interessante relembrar o contexto histórico e ver um retrato do Brasil em cada uma delas (e perceber como o clima de oba-oba de copa é sempre utilizado com alguma finalidade política… mas isso fica pra outro espaço que não esse).

Dali passamos por uma passarela, de onde se tem uma visão panorâmica da praça e do bairro, para seguir até a Sala dos Números e Curiosidades.

Essa sala é bem lúdica, grandes painéis coloridos contam curiosidades sobre o futebol, como origem de algumas expressões, a evolução da bola, explicam sobre algumas regras. Posso dizer que aprendi várias coisas ali!

Ali ficam também umas mesas de pebolim e uma espécie de varanda do estádio (ao lado da entrada do museu há uma entrada para o estádio também).

Já indo embora, paramos para um chute a gol: todos são convidados a bater um pênalti virtual – diversão não só para as crianças, porque tinha um monte de marmanjo esperando a sua vez na fila.

Na saída, paramos para almoçar no Flor Café, ali dentro mesmo, bem simpático. É um café mas servem almoço também, a um preço justo. Durante o almoço consultamos os horários para o tour no Morumbi e então seguimos pra lá – a distância entre os dois estádios é de cerca de 12 km, ou uns 40 minutos.

Site oficial com a história, horários de funcionamento, agenda, e outras informações: Museu do Futebol

Visita guiada ao Morumbi

A exemplo de outros estádios, o estádio Cícero Pompeu de Toledo (nome verdadeiro do Morumbi) oferece tours guiados ao seu interior. Nessas visitas guiadas entra-se nos vestiários, na área de aquecimento, no gramado e no memorial onde ficam os troféus e toda sorte de homenagem ao time e aos seus jogadores mais famosos.

Eu já tinha ido ao Morumbi várias vezes (inclusive a um jogo – para agradar meu então namorado, já que eu não entendo e não ligo muito pra futebol), mas estar no gramado é bem diferente.

Durante o tour, o guia vai contando um pouco das histórias e momentos importantes que aconteceram ali nos “bastidores” – marido sabia todas!

E uma das partes mais legais, principalmente para quem é torcedor, é poder entrar no Memorial Luiz Cássio dos Santos Werneck – ali ficam homenagens e prêmios aos jogadores mais importantes que passaram pelo time, bem como uma exposição de todos os troféus e prêmios. Malinhas ficaram super impressionados com o tamanho de alguns dos troféus!

É um passeio bem legal, mesmo pra quem não é torcedor como eu. Lógico que pra quem acompanha a história do local e do time é bem mais interessante, mas conhecer o interior do estádio, entrar no gramado como os jogadores, imaginar o que é aquilo cheio em dia de jogo ou show, também é bem legal.

Site com toda a programação dos tours e funcionamento das visitas: Morumbi Tour

A Deusa Rodrigues, uma profissional do turismo que já viajou muito pelo mundo, tem também um post muito bacana sobre a sua visita ao Morumbi aqui – Experiências no Estádio do Morumbi

Outros estádios onde já fizemos o tour guiado:


– Salve essa imagem no seu Pinterest –

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens (mentais ou reais) desde 2009; e nossos 2 malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 12 e 10 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga. Às vezes somos 5, quando meu enteado, atualmente com 19 anos, nos acompanha – os malinhas amam quando o irmão mais velho está junto!

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Vá de carro

Compre suas passagens

Não viaje sem seguro

Leia com a gente

Posts Recentes

Continue entre Mochilas e Malinhas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *