Search

Campos de lavanda em Cunha: conheça o Lavandário e o Contemplário

Conteúdo atualizado em 25 de fevereiro de 2024

A cidade de Cunha, localizada entre as Serras do Mar e da Bocaina, já quase ali na divisa entre São Paulo e Rio de Janeiro, apesar de pequenininha oferece muitas atrações turísticas. Há a tradicional e famosa cerâmica, seu número alarmante de fuscas (o que lhe rendeu o apelido de “capital nacional do Fusca”), ótimas cervejarias e, sem dúvida, a melhor de todas: seus campos de lavanda.

Você pode até pensar que está na Provença rsrs mas não! As paisagens montanhosas da linda estrada que liga Cunha a Paraty, já no litoral do Rio, são também ótimas para o cultivo das lavandas, formando campos deslumbrantes que oferecem uma experiência sensorial única, onde cores, aromas e paisagens se fundem para criar um cenário verdadeiramente mágico.


Se for alugar um carro para passear por Cunha, clique no link abaixo e faça uma cotação no nosso parceiro Rentcars!


Neste post vamos falar dos dois campos de lavanda abertos à visitação em Cunha: o Lavandário e o Contemplário. Embora tenham propostas um pouco diferentes, ambos são lindos e devem ser incluídos num roteiro pela cidade.

O Lavandário de Cunha

O Lavandário começou timidamente em 2010, como uma pequena ideia dos proprietários – eles acharam que o terreno e o clima poderiam ser bons para uma plantação de lavandas. Pesquisaram bastante e começaram as plantações em 2012, com canteiros experimentais, até que abriram para o público em 2013, com os campos já floridos e a destilaria para extração do óleo de lavanda também pronta.

Hoje é um local que oferece, além dos lindos campos floridos o ano todo, uma lojinha com todos os produtos produzidos ali, um café e um quiosque com sorveteria (com uma variedade interessante de sabores – inclusive sorvete de lavanda mesmo). O Lavandário também atende grupos para eventos corporativos e ensaios fotográficos, e oferece um espaço chamado Espaço Bem-Estar onde é possível agendar uma massagem com óleos essenciais.

O Lavandário fica aberto até o anoitecer e é um local muito procurado pelos visitantes no horário do pôr-do-sol – que realmente é lindíssimo ali do alto!

A entrada é paga e o local conta com estacionamento. O Lavandário fica a cerca de 10 km de Cunha e o acesso é super fácil, e normalmente está aberto de sexta a domingo e feriados, das 10h até o pôr-do-sol – mais detalhes no site O Lavandário e na página do IG @lavandario_cunha_sp_brasil.

O Contemplário de Cunha

Aberto à visitação desde 2015, o Contemplário de Cunha é um imenso espaço onde estão plantados, além das lavandas, outras plantas aromáticas como alecrim e capim-limão. Espalhados pelo campo há também mesinhas e espaços para piquenique – e haja perna! O terreno é enorme e em meio a colinas, o que torna a paisagem linda.

O Contemplário também inclui uma lojinha com os produtos produzidos ali – óleos essenciais, sabonetes, aromatizadores, velas – e também outros produtos da região, como algumas cervejas artesanais e o famoso hidromel. Há também um café com vista panorâmica para o campo.

Também é possível se hospedar ali: há um chalé incrível construído em madeira e vidro, disponível para hospedagem, com uma vista maravilhosa. E assim como no Lavandário, o espaço também está aberto para ensaios fotográficos e grupos, mediante agendamento.

A entrada é gratuita e o local conta com estacionamento. O entrada para Contemplário também fica na serra Cunha-Paraty, e é preciso rodar uma pequena distância entre a estrada e a entrada. Normalmente abre de quinta a segunda, das 10 às 18h – mais detalhes no site Contemplário e na página do IG @contemplario_cunha.

Outros pontos turísticos de Cunha

  • Como outras regiões serranas, a cidade é conhecida pelas cervejas artesanais – e em um fim de semana conseguimos conhecer algumas das melhores cervejarias de Cunha.
  • Que tal conhecer uma plantação de oliveiras? Fizemos a visita guiada ao Olival e super recomendamos!
  • O mais famoso mirante da Serra da Bocaina fica em Cunha – nós fizemos a trilha da Pedra da Macela e comprovamos que o visual de lá de cima é mesmo incrível!

Confira aqui o resumo do nosso fim de semana em Cunha:


Encontre sua hospedagem em Cunha pelo Booking:

Booking.com

Reserve visitas guiadas, excursões e transfers na região de Cunha e Paraty pelo nosso parceiro Civitatis.


Salve essa imagem no seu Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Search

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 14 e 11 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Reserve tours guiados e transfers

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Compre livros e muito mais

Posts Recentes

Livros para refletir sobre o racismo

No mês da Consciência Negra, alguns livros para refletir sobre o racismo, suas origens e consequências, em tempos e países diversos.

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Continue entre Mochilas e Malinhas

14 respostas

  1. Que delícia de passeio com a família pelos campos de lavanda em Cunha! Não sabia do espaço Comtemplário, muito legal ! Ficar perto da natureza é sempre uma boa escolha.

    1. Que pergunta difícil! Os dois são lindos. Se quiser andar um pouco mais e aproveitar um passeio gratuito, o Contemplário é a melhor opção. Mas se quiser ir num lugar menor, aproveitar um café mais charmoso e não se importar de pagar pela entrada, então é melhor o Lavandário (que é mais famoso por ser mais antigo).

  2. Visitei o Lavandário há 2 anos, num momento muito delicado e tenho memórias muito significativas de lá. Acho um passeio lindo em Cunha, mas estávamos a caminho de Paraty.

  3. Eu adoro campos de lavanda! Mas esse fica em um lugar lindo demais, a vista do relevo ao redor torna a experiência mais especial, não é? Eu, como sempre, de olho nas provas de ciclismo, penso em visitar a cidade durante o evento de bike. Agora já tenho um bom programa para associar. 😉

  4. Os Campos de Lavanda em Cunha estão nos meus planos de viagem para o ano que vem e eu não vejo a hora. Já estou pesquisando e seu blog tá ajudando muito. Obrigada por compartilhar 🙂

  5. É impressionante ver como uma ideia concretizada por dar origem a uma nova atração. Conheço de nome e foto os campos de lavanda de França e sei que há um festival perto de Madrid, em Portugal também tem um hotel com campos de lavanda. Os campos foram sempre um cenário lindo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *