Search

O que fazer em Curitiba: programas para todos os gostos

Conteúdo atualizado em 21 de abril de 2024

Curitiba, a capital do estado do Paraná, é uma cidade que se destaca não apenas pela sua beleza natural e riqueza cultural, mas também pela sua notável qualidade de vida e inovação urbanística. Situada no sul do Brasil, Curitiba é frequentemente citada como um exemplo de planejamento urbano eficiente e sustentável, conquistando renome internacional por suas iniciativas inovadoras que priorizam o bem-estar de seus habitantes.

Neste post vamos listar as principais atrações da cidade para que cada um monte um roteiro a partir de suas preferências. Curitiba tem muitas opções culturais e gastronômicas, vários parques, estádios de futebol e uma área central histórica bem interessante, possibilitando inúmeras combinações de passeios, levando em conta se será uma viagem em família, com pets ou sob tempo chuvoso (como o clima lá é bem imprevisível, é bom sempre ter na manga algumas opções de passeios em lugares fechados).

Nós já estivemos lá algumas vezes, inclusive uma com os malinhas bem pequenos, e sempre foi ótimo! É uma cidade que acolhe bem famílias com crianças pequenas, assim como tem programas mais adultos.


Se for alugar um carro para passear por Curitiba, clique no link abaixo e faça uma cotação no nosso parceiro Rentcars!


Parques e jardins

Jardim Botânico

Curitiba é uma cidade com muito verde e são muitos os parques e jardins espalhados pelos bairros. Sem dúvida o mais famoso e fotografado de todos é o Jardim Botânico, que é também o ponto turístico mais visitado da cidade. Em seus mais de 278 mil m2 de área há a linda estufa, o jardim em estilo francês (com o traçado da bandeira de Curitiba, replicado seis vezes), o jardim sensorial, o lago, um salão de exposições, café, restaurante, pista de caminhada e o Museu Botânico.

Parque Tingui

Outro lindo espaço verde que merece a visita é o Parque Tingui, cujo nome vem da tribo indígena que vivia ali na região de Curitiba na época de sua fundação. Dentro do parque fica o Memorial Ucraniano, homenagem ao grande número de imigrantes vindos da Ucrânia que vieram para o Paraná, e também a Praça Brasil 500 anos, inaugurada em 2000 em comemoração aos 500 anos da chegada dos portugueses ao Brasil.

Parque Tanguá

Conhecido pelos curitibanos por ser um lugar perfeito para ver o pôr-do-sol (quando tem sol, né, porque em Curitiba nem sempre ele dá as caras rsrs), o Parque Tanguá se localiza numa região de pedreiras desativadas e ganhou uma cascata artificial e um belvedere de 3 andares com restaurante, loja e mirante.

A vista lá de cima é mesmo panorâmica! E à noite o mirante ganha uma iluminação especial, valorizando a beleza do parque.

Passeio Público

O mais antigo parque de Curitiba (sua inauguração data de 1886) e mais próximo ao centro, o Passeio Público conta com árvores centenárias, muitos pássaros e um mini-zoo. Seus portões são originais do século 19 e foram inspirados no Cemitério de Cães de Paris. O parque passou por várias revitalizações ao longo dos anos, sendo a última em 2019, quando ganhou mais jardins, árvores e um palco flutuante para realização de shows.

Bosque Alemão

Esse é um dos lugares mais encantadores para levar as crianças em Curitiba, na nossa opinião! O Bosque Alemão se localiza numa antiga chácara e conta com mais de 38 mil m2 de mata nativa. O charme do parque é a trilha de João e Maria, onde painéis de azulejo pelo caminho vão contando a famosa história dos Irmãos Grimm. A trilha conta também com a Casa Encantada (uma biblioteca infantil), a Torre dos Filósofos e a famosa (e super fotogênica) fachada da casa Mila.

Museus

Curitiba tem vários museus interessantes e aqui vamos destacar alguns deles:

  1. o lindíssimo Museu Oscar Niemeyer, um dos cartões postais da cidade e considerado o maior museu da América Latina;
  2. o Museu Egípcio e Rosacruz, dedicado à cultura do Egito antigo, com um rico acervo de réplicas interessantes;
  3. o Memorial Ucraniano, localizado no Parque Tingui, criado em homenagem ao centenário da chegada das primeiras famílias ucranianas a Curitiba;
  4. o Museu do Automóvel, cujo foco são os automóveis fabricados no século 20 – com um acervo de 150 deles, a exposição se alterna nas 70 vagas disponíveis dentro do espaço físico do museu;
  5. o Museu do Holocausto, dedicado à memória, educação e pesquisa desse trágico e importante período da História moderna;
  6. o Museu Paranaense, dedicado à antropologia, arqueologia e história do estado do Paraná, com diversas exposições permanentes e outras temporárias.

Falamos mais deles neste post: Museus para conhecer em Curitiba

Estádios de futebol

Para aqueles fãs de futebol, Curitiba oferece dois estádios que valem a pena conhecer: a Arena da Baixada (recém-batizada de Ligga Arena), casa do Athletico Paranaense, e o Couto Pereira, sede do Coritiba.

O Estádio Joaquim Américo Guimarães, conhecido como Arena da Baixada, é o maior de Curitiba. Foi totalmente reformado para a Copa do Brasil e hoje é o único na América Latina com teto retrátil e homologado para uso de grama sintética. O estádio oferece visitas guiadas pelo bastidores que duram cerca de uma hora – os detalhes de preços, horários e disponibilidade (não há visitas em dias de jogo) podem ser conferidos na página Furacão Tour. Quando estivemos lá, em 2015, a fachada ainda se referia à Copa e não eram oferecidas visitas internas, só uma espiadinha no campo.

Já o Estádio Major Antônio Couto Pereira, conhecido simplesmente como Couto Pereira, tem mais cara de estádio “raiz” e fica localizado no tradicional bairro Alto da Glória. Na nossa última viagem a Curitiba, marido teve a chance de ir assistir um jogo ali e fez vários registros. Também é possível fazer a visita guiada ao estádio, que é oferecida em dois formatos diferentes – todos os detalhes na página CoutoTour.

Centro Histórico

Curitiba tem um circuito interessante de antigas edificações da cidade, delimitado por decreto municipal desde 1971. Entre essas construções estão a Casa Romário Martins, do século 18, e a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, de 1737, além dos exemplares arquitetônicos de inspiração alemã, datados da segunda metade do século XIX.

Nas manhãs de domingo acontece a Feira do Largo da Ordem, que existe há mais de 35 anos e é a segunda maior feira de artesanato do Brasil. Ela começa no Largo da Ordem, passando pelo calçadão de acesso à Praça Garibaldi, a Igreja do Rosário, o Relógio das Flores, a Fonte da Memória e a Società Giuseppe Garibaldi.

Teatro e shows

Já há anos Curitiba faz parte do circuito de shows nacionais e internacionais. E um dos principais palcos dos shows é o Parque das Pedreiras, onde ficam o Espaço Cultural Paulo Leminski, com capacidade para abrigar 20 mil pessoas ao ar livre e onde acontecem os maiores shows e concertos de Curitiba, e a Ópera de Arame, um teatro fechado com capacidade para 1570 pessoas.

No complexo da Ópera de Arame acontece também o Festival Vale da Música, com shows diários de música instrumental no palco flutuante, além de exposições de arte temporárias e uma agenda de eventos bem variada.

Achamos a Ópera de Arame um dos lugares mais bonitos de Curitiba e contamos mais detalhes neste post: Ópera de Arame e Parque das Pedreiras em Curitiba.

Gastronomia

Curitiba é super conhecida pelo seu roteiro gastronômico: há inúmeras opções de restaurantes deliciosos, cafés, docerias e bares.

No bairro Batel, onde nos hospedamos da última vez que estivemos na cidade, tivemos a chance de ir ao Hard Rock Café e experimentar a pizza (deliciosa, por sinal) do Carolla – ambos a poucos metros do hotel.

Mas sem dúvida o bairro mais famoso pela gastronomia é Santa Felicidade, formado por imigrantes italianos que se instalaram na região a partir de meados de 1870. O bairro fica mais afastado da cidade e conta com vários restaurantes que valem a viagem – sem dúvida o mais famoso e tradicional deles é o Madalosso, parada obrigatória para 10 entre 10 turistas que vão até lá experimentar o rodízio de massas. O restaurante tem outros endereços na cidade, mas o maior deles fica em Santa Felicidade.

Em Santa Felicidade vale dar uma paradinha na Vinhos Durigan, uma adega que vende produtos próprios mas também oferece uma variedade enorme de outros produtos: vinhos, embutidos, artesanatos, móveis e objetos em madeira. No bairro também há uma loja grande da Florybal, a fábrica de chocolates artesanais originária de Gramado, que vende os deliciosos chocolates próprios.

Torre Panorâmica e Ônibus Turístico

Para quem quer ter uma visão panorâmica da cidade, ficam aqui duas sugestões: a Torre Panorâmica, para ver a cidade de cima em 360o; e o Ônibus Turístico, que percorre a cidade e para em 26 dos pontos turísticos mais importantes (praticamente todos citados aqui!).

A Torre Panorâmica é uma torre de telefonia com 100 metros de altura e um mirante muito bacana no topo. Dali de cima, tem-se uma vista panorâmica da cidade pelas janelas de vidro, além de um painel que mostra a história de Curitiba e um mapa da cidade com os principais pontos turísticos em relevo no piso. No térreo ficam o Museu do Telefone, com vários aparelhos antigos, um posto de informações turísticas e uma lojinha.

A Linha Turismo é uma linha de ônibus especial com dois andares que passa pelos principais pontos turísticos de Curitiba: parques, bosques, praças e outros locais no centro da cidade, percorrendo aproximadamente 48 km em 3 horas. O roteiro começa na Rua 24 Horas (centro da cidade), mas é possível iniciar o trajeto em qualquer um dos pontos de parada – uma vez adquirido o cartão turismo individual, o turista tem direito a embarques ilimitados em um período de 24 horas. Para quem tem pouco tempo na cidade, é uma ótima opção para um city tour básico. Detalhes de preços, horários e mais informações podem ser encontrados no site Linha Turismo.

Onde se hospedar em Curitiba

Curitiba é uma cidade grande, com um alto volume de turistas que viajam até lá a lazer ou trabalho, e por isso oferece uma enorme gama de opções de hospedagem. Nós já nos hospedamos próximo ao centro da cidade, no Dan Inn Curitiba Centro, e também no Mercure Golden no bairro Batel, ambas boas opções por estarem bem localizados.

(Só lembrando que centro de cidade grande pode não ser muito seguro, portanto não é aconselhável andar a pé à noite. Já no Batel é tudo muito mais tranquilo, há muitos restaurantes e shoppings no bairro, bem tranquilo de ir caminhando aos lugares mesmo à noite.)

Reserve sua hospedagem em Curitiba pelo nosso parceiro Booking.

Booking.com

Reserve visitas guiadas, excursões e transfers em Curitiba pelo nosso parceiro Civitatis.

Dicas extras de passeios em Curitiba

Melhores passeios com crianças em Curitiba

O Bosque Alemão e o Passeio Público são ótimas opções para levar as crianças em Curitiba. Se o tempo cooperar, dá para conhecer e se divertir muito ao ar livre, aproveitando os parques. Mas se o tempo for de chuva, o Museu Egípcio e o Museu Oscar Niemeyer são boas opções de lugares fechados, assim como a visita guiada na Ligga Arena. Nossos malinhas amaram também andar no ônibus turístico.

Melhores passeios em dias de chuva em Curitiba

Os museus são sempre uma opção certeira caso o tempo esteja chuvoso. Se a ideia for comer e fazer compras, Santa Felicidade é o lugar para passar o dia.

Melhores passeios culturais em Curitiba

Para ouvir boa música num lugar lindo, a Ópera de Arame é a melhor opção. É possível também fazer o circuito do centro histórico e conhecer mais da história e das tradições do estado do Paraná no Museu Paranaense.

Para quem vai esticar a viagem até a Ilha do Mel

Muita gente aproveita a viagem até Curitiba para conhecer também a linda Ilha do Mel, no litoral paranaense. A própria viagem já é um passeio: descer a Serra da Graciosa é uma roadtrip incrível! E para chegar na Ilha do Mel é preciso deixar o carro em Pontal do Sul e pegar um barco. Para saber mais leia nosso post completo: O que fazer na Ilha do Mel (PR) – melhores passeios.


Este post é parte de uma blogagem coletiva com o tema O QUE FAZER EM. Vale conferir os demais posts com roteiros incríveis!


Salve essa imagem no seu Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Search

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 14 e 11 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Reserve tours guiados e transfers

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Compre livros e muito mais

Posts Recentes

Livros para refletir sobre o racismo

No mês da Consciência Negra, alguns livros para refletir sobre o racismo, suas origens e consequências, em tempos e países diversos.

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Continue entre Mochilas e Malinhas

Museus de Futebol para conhecer no Brasil

No país onde o futebol é paixão nacional e tema de todas as conversas, uma lista de museus e visitas guiadas para fã nenhum botar defeito.

15 respostas

  1. Eu sou apaixonada por Curitiba e não vejo a hora de voltar a essa linda cidade. Adorei sua lista do que fazer por lá. Realmente são passeios imperdíveis. Ainda não fui fazer a visita dos estádios, mas quero muito.

  2. Que coisa linda que é Curitiba! Eu vou pra lá e sinceramente não sabia o que esperar, aí resolvi pesquisar antes de ir, agora fiquei ansiosa e não vejo a hora. Acho que vou curtir muito. Obrigada pelas dicas!

  3. Oi, Cíntia, adoro ver seus filhos assim pequeninos! Eu me hospedei no centro, realmente não é muito bom pra caminhar, mas usei Uber pra tudo. Como gosto de áreas verdes, Curitiba é uma capital de que gosto muito – e minha malinha tinha 3 anos quando fui pela primeira vez.

  4. Curitiba é mesmo uma cidade linda e as fotos do post estão demais!
    Adorei a sugestão da pizzaria. Não conhecia, mas já coloquei no meu roteiro para experimentar. Obrigada por compartilhar a dica!

  5. Há tanta coisa para fazer em Curitiba!!! Amei a sua lista, super prática para quem está planejando uma viagem para lá. Uma das coisas que mais gosto da cidade são os seus parques.

  6. Já sabia que Curitiba era um destino diversificado, mas ainda assim aprendi bastante com este post. Só tinha ouvido falar do Jardim Botânico, afinal tem vários parques bonitos. Espero visitar um dia

  7. Já estive na cidade, mas não conheço muitas das atrações que citou. Vou aproveitar suas dicas do que fazer em Curitiba em um retorno à cidade. Adorei visitar o Jardim Botânico e a Ópera de Arame. Com certeza preciso conhecer os museus!!

  8. Oi Cintia,
    adorei suas sugestões do que que fazer em Curitiba. Estive muito rapidamente na cidade em um encontro da RBBV, mas conheci poucos lugares. Adoraria voltar e passear pelos parques e ir no museu projetado por Niemeyer.

    Bjs

  9. Faz tanto tempo que fui pra Curitiba q tô pensando em voltar – ótimo achar um post assim, super completo com as dicas da cidade. Dessa vez quero ver se conheço o Natal de Curitiba!

  10. Curitiba é uma cidade que tem de tudo né? E super agradável de passear. Quero viajar e levar meus pais juntos para conhecer. Acho que vão amar. Obrigada pelas dicas

  11. “Adorei as sugestões de atividades para fazer em Curitiba com crianças! Mal posso esperar para explorar os parques, museus e atrações familiares. Obrigada por compartilhar essas dicas divertidas e úteis!”

  12. Curitiba me leva a uma memoria afetiva muito forte, foi uma das minhas primeiras viagens, viajei novamente lendo o seu post. Isso é uma delicia né, ainda mais quando é no Entre Mochilas e Malinhas 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *