Guia básico de Ilhabela – como se localizar na ilha

Conteúdo atualizado em 25 de setembro de 2023

Um dos destinos turísticos mais lindos e procurados no litoral norte de São Paulo, Ilhabela tem praias para todos os gostos, além de cachoeiras, passeios de barco, pontos de mergulho, restaurantes deliciosos e um centrinho histórico super charmoso.

Acessível via balsa através de São Sebastião, o turista que estiver planejando férias em Ilhabela pode ficar confuso com o tanto de opções de hospedagem espalhadas ao longo da ilha – e com a famosa divisão norte e sul, usada para ajudar na localização de tudo que importa por ali.

Mas afinal, como funciona essa divisão? Vamos tentar, de maneira bem simplificada e didática, responder a essa e outras questões: Onde é melhor se hospedar? É fácil se locomover de um lado para o outro da ilha? Onde estão as melhores praias? Quais as vantagens e desvantagens de cada lado?

mapa esquemático das praias de Ilhabela

COMEÇANDO DO COMEÇO: Encontrando o norte e o sul em Ilhabela

Assim que se chega à Ilhabela, saindo da balsa que carrega veículos e passageiros, há duas opções: à direita toma-se a direção ao sul da ilha; à esquerda, direção norte. Há placas indicativas que ajudam na localização.

Norte de Ilhabela: onde fica a vila e grande parte da zona urbana

Tomando-se a esquerda após a balsa, segue-se em direção à área conhecida como Vila, que contempla a parte histórica, o cais de desembarque de cruzeiros e onde fica concentrada a área urbana da cidade.

Igreja no centro histórico de Ilhabela

>> Contamos um pouco sobre essa região aqui: O que fazer em Ilhabela com chuva <<

Seguindo-se a Av. Princesa Isabel (que muda de nome várias vezes conforme vai-se contornando a ilha) há uma grande oferta de lojas, agências de turismo, restaurantes, hotéis, pousadas e a maior parte da estrutura da cidade em si.

Passando a Vila e seguindo adiante, ainda em via asfaltada, ficam praias bem sossegadas e cheias de condomínios de casas, como as praias do Viana, do Pinto e da Armação. E a partir de um determinado ponto o asfalto acaba mas ainda é possível seguir de carro comum, a depender das condições do tempo, até a lindíssima praia de Jabaquara.

Sul de Ilhabela: com lindos mirantes, concentra a zona considerada rural

Tomando-se a direita após a balsa, segue-se ziguezagueando quase sempre à beira do mar, subindo e descendo morros através da Avenida Brasil – não à toa, na região sul há mirantes com vistas incríveis do mar.

Muitas praias famosas ficam do lado sul, entre elas as praias da Feiticeira e do Curral, que contam com boa infraestrutura.

Ilha das Cabras, no sul de Ilhabela

Seguindo a Avenida Brasil (não se engane com o nome, na verdade é uma estradinha bem estreita e em muitos pontos sem acostamento algum) até o fim, chega-se a uma das entradas do Parque Estadual de Ilhabela. Neste ponto tem início a trilha que leva à praia do Bonete, uma das mais famosas da ilha e de nível de dificuldade de médio para difícil.

Início da trilha para a praia do Bonete

Ao longo da avenida há vários hotéis e pousadas, especialmente próximos às praias mais estruturadas. E já no fim da estrada ficam muitos condomínios de alto padrão, com casas lindas praticamente penduradas nos morros e que só são vistas do mar.

ONDE É MELHOR SE HOSPEDAR EM ILHABELA?

De modo geral, a hospedagem no lado norte facilita a vida – afinal, os restaurantes e outras atrações que não são praias se concentram ali. Há muitas opções, perto do centro e também mais próximas às praias, que evitam grandes deslocamentos de carro (lembrando que na alta temporada a cidade fica lotada, o trânsito fica intenso e pode ser difícil encontrar vagas para estacionar). Em geral, se hospedar no lado norte também é mais caro que no lado sul.

Já no lado sul, dependendo da localização da sua hospedagem, certamente será necessário se deslocar um bom tanto para jantar à noite, por exemplo, já que a oferta de restaurantes por ali é bem menor. Esse é um fator importante a ser pesado na hora de escolher o lado da ilha para se hospedar.

É FÁCIL SE LOCOMOVER DE UM LADO PARA O OUTRO EM ILHABELA?

É bem simples se locomover de um lado para o outro em Ilhabela – praticamente a cidade se concentra ao longo da estrada/avenida que margeia o lado virado para o continente, por isso é difícil se perder.

Mas vale lembrar que no verão e em feriados a cidade lota, passando de cerca de 17 mil veículos para mais de 150 mil (!!), o que garante engarrafamentos monstro e torna a tarefa de estacionar perto do centro histórico quase impossível. Nesse caso, quanto menos deslocamento, melhor.

Se for alugar um carro, clique no link abaixo e faça uma cotação no nosso parceiro Rentcars!

QUAIS AS VANTAGENS E DESVANTAGENS DOS LADOS NORTE E SUL DE ILHABELA?

O lado norte é o mais urbano e garante menores deslocamentos, mas normalmente os preços de hospedagem são mais altos. Quando se viaja com crianças pode ser mais cômodo se hospedar desse lado.

Já o lado sul é mais isolado e requer mais vai-e-vem, mas pode sair mais barato.

Os dois lados têm ótimas opções de praias.

Praia da Feiticeira, no sul de Ilhabela

ONDE ESTÃO AS MELHORES PRAIAS DE ILHABELA?

Essa é uma pergunta muito difícil de responder! Ilhabela tem praias lindas, com ondas e sem ondas, de fácil acesso ou só acessíveis por trilha ou barco, isoladas e mais urbanas… Ambos os lados, norte e sul, têm praias lindíssimas que valem a pena conhecer.

Praia da Fome, no norte de Ilhabela

Sem esquecer duas das praias mais famosas da ilha que só são acessíveis por trilhas ou pelo mar pois ficam do lado oposto da ilha – temos um post completinho contando Como conhecer as Praias de Castelhanos e Bonete em Ilhabela

Praia de Castelhanos

O melhor é fazer uma boa pesquisa antes de optar pela hospedagem, e já estar ciente que não vai ser possível conhecer todas as praias numa única vez – Ilhabela é um destino que pode ser repetido muitas e muitas vezes!

>> Planejando explorar outras cidades do litoral norte de São Paulo? Confira também esse guia completo para visitar Ubatuba

Clique abaixo e encontre sua hospedagem em Ilhabela pelo nosso parceiro Booking.

Booking.com

Mais informações gerais sobre Ilhabela:

– Dados sobre a cidade, transporte público, eventos e outros – acesse Prefeitura de Ilhabela

– Portal oficial com informações sobre o turismo na cidade – acesse Portal Turismo Ilhabela


Este post é parte de uma blogagem coletiva com o tema MAR. Mais uma iniciativa do Grupo 8on8, onde um grupo de blogs desenvolve um tema comum, ilustrando com apenas 8 fotos e publicando no dia 8 de cada mês. Confiram os demais posts: 


Salve essa imagem no seu Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 13 e 10 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Leia com a gente

Posts Recentes

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Chegou o momento das férias

O período de férias do meio do ano é a oportunidade esperada para um merecido descanso e poder desfrutar de uma pausa que permita se

Museu Hering em Blumenau

Um museu interativo que reúne história, cultura e moda em Blumenau, através da história da Cia. Hering.

Continue entre Mochilas e Malinhas

15 respostas

  1. Oi Cintia, nunca estive em Ilha Bela e adorei esse guia básico que você montou. Bem explicativo, ajuda bastante num planejamento para quem nunca esteve lá. Fiquei chocada com o aumento do numero de veiculos em temporada alta. Já sei que quando for, tentarei uma época menos cheia! Odeio esse perrengue de engarrafamento para todo lado. rs
    Bjs
    Mari

  2. Excelente sua explicação sobre como se localizar em Ilhabela, muito completa! Depois de ler o guia fica fácil poder se orientar e saber onde ficar e como se deslocar. Agora, para mim é difícil imaginar engarrafamento nesse paraíso.

  3. Ilhabela é um destino que eu preciso explorar melhor. E esse guia básico da ilha me ajudou a esclarecer muitos pontos, como onde ficar e como me locomover. Embora eu não more muito longe, só fui uma vez até Ilhabela. Preciso me programar para aproveitar todas as suas dicas e conhecer as praias do Bonete e Castelhanos. Obrigada pelo post. bjs

  4. Ilhabela só não é mais perfeita por dois motivos: a espera na balsa e os borrachudos. Gsotei desse guia básico de Ilhabela, a gente às vezes precisa de uma orientação rápida e o post cumpriu o objetivo.

  5. Excelente post! Dei muito asar quando fui a Ilha Bela. Na época, praticamente não existiam blogs de viagem e fui totalmente no escuro. Mas com o passar dos anos, fui vendo tanta coisa interessante sobre Ilha Bela na internet, que fui ficando com vontade de voltar para mudar a experiência negativa que tive no passado. Posts como o seu ajudam demais e é preciso valorizá-los. Na época em que não havia tantas informações, era muito mais difícil de viajar. Por isso, já vou salvar esse post aqui. Tenho certeza que minha viagem a Ilha Bela será muito melhor agora!

  6. Eu estava completamente perdida antes de encontrar seu blog, agora já consegui decidir onde ficar e o que fazer em Ilhabela 🙂 muito obrigada pelas dicas tão valiosas!!!

  7. É tão estranho pra mim pensar que São Paulo tem praias como Ilha Bela acredita? Pra mim as praias são Santos e São Vicente e pronto. Não sei explicar o motivo, talvez porque quando morei no interior do estado, nossa cidade era bem longe do litoral (Jardinópolis, bem perto de Ribeirão Preto) e praia pra nós era só quando vínhamos para o Nordeste nas férias visitarmos a família. Preciso conhecer esse lado de São Paulo.

  8. Para chegar a Ilhabela usam uma balsa, isso significa um ferry, certo? Daqueles barcos que transportam os carros? Talvez fosse interessante limitar o número de acessos por dia, para evitar esses congestionamentos de trânsito. O que vc acha? Quantos dias recomenda ficar na ilha?

    1. Sim, Ruthia, um ferry. Acho difícil limitarem o número de visitantes, já que a ilha vive do turismo, mas seria uma ótima ideia. Nós já ficamos uma semana direto e voltamos outras vezes para passar o fim de semana, e ainda assim não conhecemos tudo! Mas acho que de 5 a 6 dias dê para cobrir as principais praias e ainda conhecer algumas cachoeiras.

  9. Que saudade de Ilhabela, ia muito quando era novinha, mas faz anos que não apareço por lá! Lendo o seu post me deu muita vontade de voltar ☺️

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *