Search

Conheça o Museu de História Natural de Taubaté

Conteúdo atualizado em 25 de janeiro de 2024

Hoje finalmente vou dedicar um post inteiro a esse que é um dos nossos museus mais queridos: o Museu de História Natural de Taubaté. Já estivemos lá várias vezes, fora as visitas que os malinhas fizeram com a escola. Localizado na cidade de Taubaté, no Vale do Paraíba, a pouco mais de 130 km de São Paulo, ele não é daqueles museus imponentes – mas tem seu apelo, por ser extremamente didático e agradar crianças e adultos. E para nós é pertinho de casa, então sempre é um bom programa!

>> Complemente seu passeio em Taubaté! Leia também sobre o Projeto Selva Viva, outro passeio imperdível na cidade <<



entrada do Museu de História Natural de Taubaté

Histórico do Museu de História Natural de Taubaté

O Museu de História Natural de Taubaté existe oficialmente desde 2004, quando passou a ocupar o atual prédio, com o apoio da Prefeitura de Taubaté – mas sua história começa lá na década de 70, quando um pesquisador da cidade encontrou, pesquisou e restaurou o esqueleto fóssil de uma ave que teria vivido na região há cerca de 23 milhões de anos: a Paraphysornis brasiliensis. Esse esqueleto gerou um intercâmbio intenso com outros museus no Brasil e no mundo, dando origem ao acervo exposto até hoje. Essa ave gigante (estima-se que um espécime adulto tivesse mais de 2 metros de altura) virou símbolo do museu, estampa o mural de entrada e ganhou até um mascote, o Fisó.

Acervo do Museu de História Natural de Taubaté

O acervo do museu não se restringe a fósseis e réplicas de dinossauros – a intenção é mostrar a evolução da vida ao longo do tempo. No início da exposição estão diversos tipos de rochas e como se formaram, passando então para os primeiros seres vivos e assim seguindo em ordem cronológica.

Há explicações de como se formam os fósseis, as eras paleozóicas e seus animais, fósseis de peixes do cretáceo – e os pontos altos, na nossa opinião: um esqueleto em tamanho real de um plessiossauro e o crânio de um mosassauro (aquele dinossauro aquático enorme que come o Indominus Rex no primeiro filme Jurassic World). Tem outros crânios também, inclusive do famosíssimo tiranossauro, e depois uma explicação do desenvolvimento dos primatas.

Saindo do passado e entrando no presente, há um corredor para cada tipo de animal, todos eles taxidermizados: aves, répteis, mamíferos – destaque para os macacos e felinos – e paredes repletas de insetos e conchas. No final, um corredor cheio de cabeças: tem cabra, antílope, facochero (aquele bicho meio búfalo que é o Pumba no filme Rei Leão) e outros. Na frente das cabeças, uma breve explicação do que é mimetismo e as diferenças nas pelagens dos felinos. Para terminar a visita, em uma das paredes há um passo a passo do processo de taxidermia e dois dioramas da fauna do Vale do Paraíba (dioramas são esquemas de ambientes em miniatura), com seus principais animais.

Quem quiser pode ainda entrar na sala de vídeo e assistir um filme completo contando a vida de algum dinossauro interessante – a programação muda de tempos em tempos.

E a melhor novidade da nossa última visita foi que agora é permitido fotografar o interior do museu! Por isso esse post foi atualizado com novas fotos, dando uma ideia melhor da riqueza do acervo desse museu.

Na parte externa fica uma cantina, que vende salgadinhos, sorvetes e outras comidinhas, além de muitos brinquedos e livros relacionados a dinossauros. O museu também tem uma programação de eventos bacana, sempre divulgada pelo Instagram (@mhnt.taubate), além de oferecer visitas monitoradas para grupos.

Mais informações sobre o Museu de História Natural de Taubaté

Localização: Rua Juvenal Dias de Carvalho, 111 – Jardim do Sol – Taubaté – SP (vindo da Rod. Pres. Dutra, utilizar saída 107)

Mais informações sobre preços, horário de funcionamento, programação de eventos e agendamentos podem ser consultadas no site do museu e na página do Instagram.

>> Confira aqui um pouco da nossa última visita, quando o paleontólogo, professor e autor de vários livros Luiz Anelli esteve no museu numa das paradas do seu projeto Trilha dos Dinossauros:


Encontre sua hospedagem em Taubaté pelo Booking

Booking.com

Salve essa imagem no seu Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Search

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 14 e 11 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Reserve tours guiados e transfers

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Compre livros e muito mais

Posts Recentes

Livros para refletir sobre o racismo

No mês da Consciência Negra, alguns livros para refletir sobre o racismo, suas origens e consequências, em tempos e países diversos.

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Chegou o momento das férias

O período de férias do meio do ano é a oportunidade esperada para um merecido descanso e poder desfrutar de uma pausa que permita se

Museu Hering em Blumenau

Um museu interativo que reúne história, cultura e moda em Blumenau, através da história da Cia. Hering.

Continue entre Mochilas e Malinhas

6 respostas

  1. Me fez lembrar a visita de abril que fizemos em família ao Dinoparque em Portugal. Não sou mega fã de dinossauros, mas é impressionante na mesma

  2. Nossa, nem lembro a última vez que visitei um museu de história natural! Acho que tem muito a cara de criança mesmo rs Vou recomendar para o meu primo que tem uma filha e está morando em Taubaté!

  3. Acho esse tipo de museu muito legal, eu sou fascinada pelos dinossauros hahhah, adorei conhecer o Museu de História Natural de Taubaté com vcs.

  4. Que delícia de passeio no Museu de História Natural de Taubaté! Moro pertinho e vou levar meus sobrinhos para conhecer, eles vão amar. Obrigada pela dica!

  5. Imagino como as crianças devem ter gostado do Museu de História Natural de Taubaté! Eu adoro esse tipo de museu e com certeza passaria bastante tempo lendo um pouquinho sobre cada peça!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *