Search

Onde ver dinossauros no Brasil: dicas de parques e museus

Conteúdo atualizado em 10 de maio de 2024

Quem mais aí tem uma criança louca por dinossauros em casa? Aqui temos um pequeno dinolover aspirante a paleontólogo que ama esses bichos desde sempre – não sabia nem escrever o nome inteiro, mas quando se tratava dos personagens do Jurassic Park e World ele sabia nome e sobrenome! rsrs Hoje, aos 10 anos, tem uma biblioteca considerável sobre o assunto e sabe detalhes que só quem estudou poderia saber.

>> Confira aqui o post com indicações de livros sobre dinossauros, escolhidos pelo nosso pequeno especialista: 9 LIVROS SOBRE DINOSSAUROS + 1 SOBRE O UNIVERSO – UMA VIAGEM JURÁSSICA

Por causa dessa paixão perdemos as contas de quantos lugares já fomos para encontrar esses répteis grandalhões (só não é maior que o número de vezes que as trilogias Jurassic Park e Jurassic World foram assistidas) e achamos por bem fazer uma listinha para facilitar a vida de outros pais e mães de dinolovers. Com certeza existem muitos parques e museus que contam com a presença ilustre de dinos, assim como também são bem comuns as exposições nos shoppings (especialmente nos períodos de férias escolares), mas esses são os que conhecemos.

é ou não é verdade? rsrs

Onde ver dinossauros no Brasil: Museus

Museu de Zoologia da USP (São Paulo-SP)

Programa gratuito e super bacana na capital paulista. O Museu de Zoologia da USP aborda principalmente o tema da biodiversidade e evolução, por isso tem muitos animais taxidermizados (empalhados). Mas tem também muitos fósseis e réplicas de fósseis, como um esqueleto inteiro do Tapuiassauro, um dino genuinamento brasileiro. É um museu pequeno mas adorei a abordagem de “conhecer para preservar”, e meus malinhas amaram também.

Nos períodos de férias escolares, o MZUSP costuma oferecer uma programação especial, com muitas oficinas, palestras e outras atividades educativas. Para acompanhar a agenda e saber mais sobre o museu, consulte o site MZUSP e a página oficial do museu no IG @museu_zoologia.

>> Leia mais sobre ele aqui: Dois passeios animais em São Paulo: Museu de Zoologia da USP e Instituto Butantan <<

Museu de História Natural de Taubaté (SP)

A gente ama muito esse lugar! Já fomos várias vezes, pois é muito perto da nossa casa. O Museu de História Natural de Taubaté fica em Taubaté, no interior de São Paulo, e tem um acervo super didático que conta a história de tudo – desde a formação das rochas, passando pelas eras geológicas e seus principais animais, com direito a esqueleto em tamanho real de um plessiossauro e um crânio de mosassauro, além de uma réplica de velociraptor (totalmente diferente dos filmes, diga-se de passagem). A parte final tem uma coleção impressionante de animais taxidermizados por tipo: aves, répteis, anfíbios, mamíferos, mais insetos e artrópodes. No último corredor, uma explicação sobre o processo de taxidermia e dioramas representando os ecossistemas presentes no vale do Paraíba, além de uma sala de vídeo onde é possível assistir a documentários sobre diferentes espécies de dinos. Fascinante para crianças e adultos!

O MHNT também costuma oferecer diferentes atividades ao longo do ano, em especial nas férias escolares – para acompanhar a programação e saber mais informações (como chegar, horário de funcionamento, preços dos ingressos, etc), consulte o site Museu História Natural e a página oficial do museu no IG @mhnt.taubate.

>> Leia mais sobre ele aqui: Conheça o Museu de História Natural de Taubaté <<

Viagem pela Evolução e Biodiversidade do Mundo (Zooparque Itatiba-SP)

Um museu dentro de um zoológico, afinal uma coisa complementa a outra! Inaugurado em 2020 como parte das atrações do Zooparque Itatiba, no interior de São Paulo, esse museu tem a intenção de ser uma viagem pelo tempo. Cada espaço é pensado para ilustrar uma determinada fase do nosso planeta, com muitas explicações, esqueletos, figuras e animais taxidermizados. Numa das salas principais ficam muitos dinossauros, cada um com uma fichinha informativa – inclusive um esqueleto em tamanho real do grandalhão carcaradontossauro.

Mais informações sobre o zoológico – como chegar, horários de funcionamento, ingressos e programação – podem ser encontradas no site Zooparque, e também no IG @zooparque.itatiba.

>> Leia mais sobre ele aqui: Como é o Zooparque Itatiba <<

Museu de Paleontologia de Marília (SP)

Criado e mantido pela Prefeitura de Marília, o Museu de Paleontologia de Marília existe desde 2004, tendo sido totalmente reformado e reinaugurado em 2022. Assim como o museu de Taubaté, sua criação se deveu a um importante achado paleontológico na região: um grande dinossauro herbívoro, provavelmente um titanossauro, que habitou a região de Marília entre 65 e 80 milhões de anos atrás. No seu acervo constam também fósseis de dinossauros e crocodilos da região, coletados desde 1993.

Nós ainda não conhecemos esse museu pessoalmente, mas quem deu a dica foi o blog Tá indo pra onde?, no post abaixo. Para mais informações sobre horários de funcionamento e agenda de eventos, vale consultar a página Museu de Paleontologia de Marília.



Onde ver dinossauros no Brasil: Parques

Vale dos Dinossauros (Canela-RS)

O Vale dos Dinossauros faz parte de um conjunto de atrações em Gramado e Canela, na serra gaúcha, cujos ingressos podem ser comprados juntos (o Passaporte Dreams -os outros lugares do pacote são o Museu de Cera, o Hollywood Dream Cars, o Harley Motor Show e o Salão Super Carros). Do lado de fora do parque, um grande T-Rex já impressiona, assim como o clima Jurassic Park que se espalha pelo parque: no detalhe do jipe virado e de um grande container que faz barulhos como se houvesse um dino preso dentro. Os menorzinhos curtem – nosso caçula, que era bem pequenininho na época, ficou até com um pouco de medo do barulho que os dinossauros faziam quando passávamos na frente deles. O preço é salgado, portanto só vale ir se estiver com crianças (ou se for um dinolover já crescidinho rsrs).

Todas as informações sobre preços e horários de funcionamento estão disponíveis no site Vale dos Dinossauros/Canela.

>> Falamos sobre ele no nosso roteiro: Gramado e Canela em janeiro com 2 malinhas <<

Vale dos Dinossauros (Foz do Iguaçu-PR)

O Vale dos Dinossauros em Foz do Iguaçu é bem parecido com o de Canela, tanto no espaço quanto na parceria com outras atrações na cidade (do mesmo modo é possível comprar um ingresso único). O parque comporta muitas réplicas que se mexem e fazem sons quando passamos perto, e em todos há uma plaquinha explicativa com nome, altura e peso, o que comiam e onde e quando viveram. Por ser menor, os dinos parecem mais concentrados – em Canela o espaço é bem maior e eles ficam mais espalhados. Acabamos conhecendo esse parque porque encaixamos o passeio na manhã do dia em que íamos embora de Foz (nosso voo era à tarde), mas longe de considerá-lo passeio obrigatório na cidade – a não ser que você tenha um pequeno dinolover como companhia.

No site é possível encontrar todas as informações sobre funcionamento, horários, preços e atrações casadas: Vale dos Dinossauros/Foz.

>> Falamos sobre ele no nosso roteiro: Foz do Iguaçu em 5 dias <<

Parque Terra Mágica Florybal (Canela-RS)

Parque Florybal em Canela

O Parque Terra Mágica Florybal é um parque mais interessante para as crianças, embora não seja exatamente dedicado aos dinossauros. Florybal é uma tradicional marca de chocolate ali na serra, e por algum motivo os donos resolveram fazer um parque gigantesco que mistura figuras mitológicas, divindades de todas as crenças, animais atuais de mentira e… dinossauros. Apesar do mix sem sentido, é um parque bem bacana de visitar – especialmente os pequenininhos vão se divertir, pois dá para interagir bastante com as figuras espalhadas pelo parque. Destaque para o Dinomóvel (uma espécie de ônibus em forma de cabeça de dinossauro), para o Voo do Pterodáctilo (meio que um teleférico que percorre uma distância curtinha, pago à parte) e o cinema 7D (são vários filminhos, um deles com temática de dinossauro, e com recomendações diferentes de idade, também pago à parte).

No site é possível encontrar todas as informações sobre funcionamento, horários, preços e atrações: Parque Terra Mágica Florybal.

Parque Rocha Moutonnée (Salto-SP)

Localizado em Salto, a cerca de 100 km da capital paulista, o Parque Rocha Moutonnée é um pequeno achado. Com entrada gratuita, ele abriga uma preciosidade: a tal da rocha Moutonnée é um paredão de granito que guarda evidência das eras glaciais, e dizem que só existe outra similar na Austrália.

Mas o grande atrativo, que rendeu até o apelido “parque dos dinossauros”, são as réplicas de dinossauros espalhadas pela área chamada de Território dos Dinossauros. E o ponto alto e cartão postal do parque é o braquiossauro de 18 m de altura, a maior réplica de dinossauro da América Latina.

>> Leia mais sobre ele aqui: Parque Rocha Moutonnée e outros passeios em Salto <<

Mundo Dinossauro (Zoológico de São Paulo-SP)

O Mundo dos Dinossauros é uma atração dentro do Zoológico da cidade de São Paulo, paga à parte do ingresso. É meio um Vale dos Dinossauros, mas como o espaço é menor o efeito é um pouco mais impressionante, pois dá pra chegar mais perto dos bichos – tem até umas cabeças surgindo no meio da folhagem, cheias de dentes.

Um charminho a mais para os bem pequenos é um parquinho de diversões no final do trajeto. Estando lá no Zoológico, vale a pena esticar o passeio e conhecer.

Consulte o site para saber mais sobre funcionamento, horários, preços e atrações: Mundo Dino – Zoológico de SP.

>> Leia mais sobre ele aqui: Zoológico de São Paulo <<

Vila Encantada (Pomerode-SC)

Um parque de diversões com uma proposta bem diferente, o Vila Encantada fica em Pomerode e tem que fazer parte do roteiro para quem está com crianças. Além dos brinquedos – que fazem a criançada se movimentar a valer – há muitos dinossauros espalhados pelo parque, sempre acompanhados de uma plaquinha de identificação com muitas informações. Há também algumas intervenções em horários pré-determinados com o auxílio de um “paleontólogo”, que incluem uma gincana, escavação de fósseis e visita ao “berçário”. Mesmo o meu malinha – que já é mais velho e acha que sabe tudo de dinos – se divertiu bastante.

Confira todas as informações sobre o funcionamento do parque na sua página oficial Vila Encantada.

>> Leia mais sobre ele aqui: Parque Vila Encantada em Pomerode <<

Ecoparque Jardim dos Pinhais (Santo Antonio do Pinhal-SP)

Uma trilha em meio a lindos jardins temáticos, no alto de uma montanha, e que termina num verdadeiro vale dos dinossauros: esse é o passeio no Jardim dos Pinhais Ecoparque. Localizado na serra da Mantiqueira, na cidadezinha de Santo Antonio do Pinhal e pertinho de Campos do Jordão, o Jardim dos Pinhais é um passeio delicioso e super acessível para a família toda. Quando estivemos lá nem sabíamos que havia dinossauros – foi uma surpresa e tanto quando a guia nos falou que sim, havia uma imensa área de trilha com réplicas de animais pré-históricos. Os “animais” ficam espalhados numa área paralela aos jardins e os malinhas se divertiram tirando muitas fotos e descobrindo fósseis, ovos e bichos escondidos na trilha.

Informações sobre o funcionamento, localização, horários e preços podem ser encontradas na página oficial do parque: Jardim dos Pinhais Ecco Parque.

>> Mais detalhes neste post: O que fazer em Santo Antonio do Pinhal, na serra da Mantiqueira <<

Parque Jonas Correa (Quatro Barras-PR)

Localizado no município de Quatro Barras, na região metropolitana de Curitiba, o Parque dos Dinossauros Jonas Correa é uma excelente opção de entretenimento nos arredores de Curitiba. O parque foi criado pelo artesão Jonas Correa e conta com cerca de 30 dinossauros e fósseis de dinossauros espalhados em um bosque com espaço de 1600 m². O maior dos dinossauros tem 10 metros de altura. Além dos dinossauros estão expostos também outras obras do artista, como por exemplo super-heróis e até um Moai da Ilha de Páscoa. O município de Quatro Barras fica a cerca de 30 km de Curitiba e tem fácil acesso através da BR-116.

Quem foi lá e fez o registro foi o pessoal do blog Me Leva Viajar, post completo aqui: Parque dos Dinossauros Jonas Correa – Em Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba

Onde ver dinossauros no Brasil: dica extra

Que tal conhecer um restaurante todo temático de Jurassic Park? Pois fomos conhecer o Jurassic Park Burger, em São Paulo, e amamos! Todo inspirado no filme de 1993, o cardápio conta com hamburgueres, pizzas, sorvetes e outras guloseimas, e o ambiente tem várias réplicas dos dinos mais famosos do filme. No térreo há um telão onde o filme fica passando sem parar, e no último piso há objetos originais do lançamento do filme na década de 90. Um super programa para os dinolovers!

[Atualização agosto/2023] O Jurassic Park Burger mudou de lugar e conceito a partir de julho de 2023 – agora localiza-se no Golden Square Shopping em São Bernardo do Campo (SP) e, além do espaço do restaurante, oferece também uma experiência imersiva, paga à parte. Mais detalhes no IG @jurassicparkburgerrestaurant.

Booking.com

Salve essa imagem no seu Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Search

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 14 e 11 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Reserve tours guiados e transfers

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Compre livros e muito mais

Posts Recentes

Livros para refletir sobre o racismo

No mês da Consciência Negra, alguns livros para refletir sobre o racismo, suas origens e consequências, em tempos e países diversos.

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Continue entre Mochilas e Malinhas

Museus de Futebol para conhecer no Brasil

No país onde o futebol é paixão nacional e tema de todas as conversas, uma lista de museus e visitas guiadas para fã nenhum botar defeito.

14 respostas

  1. Amei ver as dicas de onde ver dinossauros no Brasil! Não sabia que as nossas crianças tinham essa possibilidade e adorei principalmente saber que tem opções em São Paulo!

  2. Minha filha é alucinada por dinossauros e tudo o que pode envolver arqueologia! Bom, nós também amamos! E eu desconhecia esse tanto de opção pra ver dinossauros em São Paulo! Sensacional!!! Quando voltar a São Paulo, vou programar bem a viagem pra incluir alguns desses espaços no roteiro! Amei a seleção!!!

  3. Uau! Não sabia que tinham tantos parques e atrações temáticos sobre dinossauros. A gente também adora por aqui. Imagino que o pequeno também poderia incluir na lista dele o Museu da Natureza da Serra da Capivara, no Semiárido Piauiense. Ele ia amar a parte da megafauna, sem falar que o parque é cheio de sítios arqueológicos, mais um pra entrar no roteiro.

  4. Nossa! Que fartura de opções! Adorei esse post! Só visitamos o Beto Carreiro e o Parque de Foz do Iguaçu. Já guardando as dicas aqui

  5. Se dinossauros encantam adultos imagino como ficam as crianças. Esse levantamento de parques no Brasil dá para elaborar a Rota dos Dinos. Muito bom o post ! beijocas

  6. Que máximo. As crianças adoram este tipo de locais. Aqui em Portugal existe também um Parque dedicado a dinossauros na Lourinhã. Se tiver oportunidade não deixe de visitar.

  7. Em Belo Horizonte, o Museu de Ciências Naturais da PUC-MG é excelente, muito bem montado. O primeiro andar traz réplicas de dinossauros: Amargassauro, Carnotauro… entre outros. Na parede representações do tamanho de vários répteis voadores. No segundo, mega fauna e um pouco sobre o Peter Lund, cujos achados influenciaram inclusive Darwin. No terceiro andar, bichos atuais. Lá aprendi a diferença entre o elefante africano e asiático, por exemplo. Há esqueleto de uma baleia cachalote.
    E, se passar por perto do triângulo mineiro, vale a pena conhecer Peirópolis, onde vários dinossauros foram encontrados. O museu é pequeno, mas interessante. No gramado, várias réplicas em tamanho natural de animais da região, como o Abelissauro, o Uberabatitan, entre outros. Uberaba vem desenvolvendo também espaços e exposições, que ainda não conheço. Quem costuma divulgar e estimular é o paleoartista Rodolfo Nogueira, que vive na cidade e já fez trabalhos inclusive para o museu de Berlim.

  8. Que post maravilhoso! Meu marido ama dinossauros, acho que vou tentar levar ele pra passear num desses lugares rsrs
    Tenho certeza que ele vai ficar feliz que nem um garotinho 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *