Search

Passeios de trem pelo Brasil: uma lista dos melhores!

Conteúdo atualizado em 28 de fevereiro de 2024

Em meio às diferentes paisagens do Brasil, os trens turísticos são uma maneira encantadora e nostálgica de explorar alguns lugares turísticos. Combinando a beleza natural dos trajetos com a emoção de viajar em locomotivas históricas, essas viagens podem ser um programa muito bacana – especialmente com crianças! Se elas forem como nossos malinhas, vão se divertir muito e considerar uma aventura qualquer passeio de trem.

Nós já fomos em vários passeios diferentes, até sem os malinhas, e em todas as vezes valeu a pena, seja pelo trajeto, seja pelas atrações durante a viagem. Os preços variam bastante dependendo da distância e de quão famoso é o passeio, assim como o nível de conforto dos vagões.



Abaixo uma lista de passeios de trem bacanas que já fizemos e recomendamos.

Passeios de trem em Campos do Jordão (SP)

Em Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira, os roteiros de trem são operados pela Estrada de Ferro Campos do Jordão, e os trajetos oferecidos são bem curtinhos: da estação Emílio Ribas até o Portal da cidade. Os passeios podem ser de bonde ou de maria-fumaça e duram cerca de 50 minutos.

Estação Emílio Ribas em Campos do Jordão

Os passeios são muito procurados na temporada de inverno, quando a cidade fica cheia de turistas e são disponibilizados mais horários. Para verificar a disponibilidade de trajetos e horários, vale consultar o site EFCJ – infelizmente não é possível reservar lugares ou comprar online, a venda é feita somente nos guichês da estação Emílio Ribas.

Vale a pena fazer o passeio de trem (ou bonde) em Campos do Jordão? Vale sim se 1) estiver passeando com crianças; 2) quiser fazer um city tour básico; 3) para entrar num clima nostálgico, já que tanto os bondes quanto a maria-fumaça têm um charme de antigamente.

>> Leia também: Atrações imperdíveis em Campos do Jordão

Trem das Águas em São Lourenço (MG)

São Lourenço, no sul de Minas, é um ótimo lugar pra ir com crianças. Dá para visitar os parques termais de São Lourenço e da vizinha Caxambu, e fazer o passeio de trem que é bastante famoso. Esse sim é um trem legítimo, puxado por uma maria-fumaça barulhenta e antiga. Os trens são operados pela empresa Trem das Águas, e as informações de preços e horários estão no site deles (link aqui). Nos feriados, quando a cidade fica cheia, é bom comprar os lugares com antecedência pois esse é um passeio tradicional de São Lourenço. A estação é uma atração à parte, muito linda e com diversas referências à antiguidade da maria-fumaça.

Estação de trem em São Lourenço

O trajeto é de 10 km até a cidadezinha de Soledade de Minas e o passeio todo (ida e volta) leva pouco mais de 2 horas. Quando fizemos o passeio, a estação de Soledade estava bem deteriorada e o caminho não exatamente bonito – o trajeto percorre a periferia das duas cidades, que se parece com a periferia de qualquer outra cidade. A atração maior do passeio é o trem em si. Na estação de Soledade há um pequeno museu de antiguidades, muitos instrumentos e fotos ligados à história das linhas ferroviárias, e também objetos como câmeras fotográficas e máquinas de escrever antigas. No caminho entram violeiros tocando músicas caipiras, por sinal todos muito simpáticos, o que combina com o espírito de interior de Minas.

Vale a pena fazer o passeio de trem em São Lourenço? Vale sim! É uma das principais atrações turísticas da cidade e vale a pena dar uma chance ao passeio. É uma viagem rápida e as crianças vão curtir o clima “ferroviário” (que já começa antes da viagem, pois dá para tirar muitas fotos e subir na maria-fumaça).

Serra da Graciosa: Trem Curitiba-Morretes (PR)

Um dos passeios de trem mais famosos do Brasil – e também um dos mais bonitos – é esse: o trecho da Estrada de Ferro Curitiba-Paranaguá que desce a Serra da Graciosa. Todo o trajeto inclui pontes, viadutos, túneis, onde é possível apreciar cenários incríveis de cachoeiras e vegetação exuberante.

O passeio é operado pela Serra Verde Express, que é também uma agência de turismo, opera outros trens em outros estados e vende transfers e outros serviços casados com as viagens de trem. O trem parte de Curitiba e vai até Morretes, no litoral paranaense, e há várias opções de categorias (o bilhete simples, de categoria turística, é o mais em conta). O trajeto tem 110 km, mas geralmente leva mais de 4 horas para ser percorrido pois a ferrovia é compartilhada com trens de carga e em vários pontos um comboio tem que esperar o outro passar – não é raro a viagem durar 5 horas ou mais (no dia em que fomos levamos cerca de 5 horas até Morretes).

A ferrovia corta a mata atlântica num dos trechos mais preservados do país, mas tivemos azar com o tempo no dia – muito fechado, chovendo em vários trechos, e nos pontos mais bonitos, onde os trilhos parecem flutuar no ar, não conseguimos ver muita coisa devido à neblina. Ainda assim as paisagens são lindas, em dias claros devem ser mesmo impressionantes. Um guia acompanha a viagem e vai explicando a história da ferrovia (que data do século XIX) além das particularidades do caminho que ainda é bastante usado para escoar cargas até o porto de Paranaguá.

Vale a pena fazer o passeio de trem de Curitiba a Morretes? Com certeza sim! Mas há que se estar preparado para uma viagem longa (cerca de 4 horas), afinal é uma viagem panorâmica. Fomos quando nossas crianças eram bem pequenas e elas acabaram dormindo a maior parte do caminho, mas ainda assim curtiram o processo todo. E não é um passeio barato: o bilhete simples, só de ida, custa R$ 175 (preço em fevereiro/2024), e ainda é preciso considerar a volta (pode-se voltar de trem ou adquirir um transfer de volta).

>> Leia também: O que fazer em Curitiba

Confira outros passeios em Curitiba:

Maria-Fumaça Gramado (RS)

Esse passeio de trem parte da cidade de Gramado, na serra gaúcha, e para nas cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa, em um percurso total de 23 km, realizado em aproximadamente uma hora e meia. As três cidades foram colonizadas por imigrantes italianos e preservam seus costumes e tradições – em especial a produção de vinho.

Durante o trajeto há apresentação de músicas e danças típicas, além de degustação de alguns tipos de vinho e suco de uva. É possível comprar somente o passeio de trem, ou um passeio completo de um dia, que inclui também almoço, e paradas no Vale dos Vinhedos, na loja da Tramontina e alguns outros lugares no caminho. Ambos são operados pela Maria Fumaça Gramado.

Vale a pena fazer o passeio de trem em Gramado? É sim um passeio muito bacana de se fazer na serra gaúcha. Quando fomos, há alguns anos, não conseguimos fazer somente o passeio de trem e fizemos o tour completo, que foi bem cansativo para as crianças, na época com 5 e 3 anos. Ainda assim valeu a pena, vale somente a observação que hoje faríamos diferente, um passeio de cada vez para aproveitarmos mais.

Confira outros passeios em Gramado:

Trem de Guararema (SP)

Esse é um dos passeios de trem mais bacanas e acessíveis que fizemos: organizado, curto, fácil de chegar, fácil de comprar. Para ser mais completo falta apenas um guia para contar um pouco da história durante a viagem – mas na estação de Guararema há um pequeno museu com peças originais e um resumo da história da ferrovia.

Estação de trem em Guararema

O passeio parte de Guararema (35 km de São José dos Campos, 75 km de São Paulo), uma cidadezinha cheia de restaurantes, famosa pela decoração de Natal, perfeita para um passeio de um dia, e a chegada é no distrito de Luís Carlos, a 7 km de Guararema, uma vilinha que foi totalmente restaurada e conta agora com vários restaurantes e lojinhas. O trajeto é feito por um trecho da antiga Estrada de Ferro Central do Brasil.

Em meia hora de viagem chega-se em Luís Carlos, fica-se lá por cerca de uma hora e meia, e parte-se de volta para Guarema – o passeio todo leva cerca duas horas. Os horários e dias disponíveis de passeio, bem como a compra dos ingressos, podem ser verificados no site Trem de Guararema-SP.

Vale a pena fazer o passeio de trem em Guararema? Nossos malinhas amaram, e eu acho um passeio sob medida para as crianças. Dá para almoçar na cidade, fazer o passeio, tomar um sorvete em Luís Carlos e voltar para Guararema ainda no final da tarde. Só não é muito barato: R$180/pessoa (fevereiro/2024).

>> Leia também: Roteiro em Guararema com crianças

Trem Turístico Tiradentes-São João del Rei (MG)

O passeio de maria-fumaça entre Tiradentes e São João del Rei é muito conhecido no Brasil e geralmente faz parte do roteiro de quem está conhecendo as cidades históricas. Também é um passeio curto (12 km cada trecho, cerca de 45 minutos), muito organizado, as paisagens rurais são lindas – e ainda dá pra comprar uns docinhos no caminho!

É possível comprar só um trecho, ou ida e volta, de uma cidade ou de outra. Os detalhes de datas, horários e preços se encontram no site da VLI, empresa que opera o trem turístico. Na estação de São João del Rei fica o Museu Ferroviário, muito interessante e cheio de fotos e objetos antigos, inclusive a maria-fumaça original que fazia essa viagem, além dos detalhes da época da inauguração, manchetes de jornal, fotos, um mergulho no século XIX. Vale a pena gastar um tempo ali com certeza (a entrada está incluída no valor da passagem).

Maria-fumaça na estação de São João del Rei

Na estação de Tiradentes é possível acompanhar o giro da locomotiva, a chamada rotunda: um mecanismo para troca de direção da maria-fumaça. A paisagem no caminho é bem típica de Minas, muitas fazendas, gado e rios, emoldurado por um paredão de montanhas.

Vale a pena fazer o passeio de trem entre Tiradentes e São João del Rei? É um passeio lindo! Complementa bem um roteiro por essas duas incríveis cidades históricas de Minas: é curto e super acessível, além de incluir a visita ao museu. Recomendamos para todas as idades.

>> Leia também: Roteiro de 2 dias em São João del Rei e Tiradentes

 


Salve essa imagem no seu Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Planeje sua viagem!

Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.

Search

Quem Somos

Somos uma família de 4: eu, Cíntia, engenheira de formação mas que sempre gostei de escrever e viajar; marido, que me acompanha nas viagens desde 2009; e nossos dois malinhas, Letícia e Felipe, atualmente com 14 e 11 anos, que carregamos por todos os lugares desde que ainda estavam na minha barriga.

Fazemos Parte

Siga no Facebook

Siga no Pinterest

Siga no Instagram

Reserve sua hospedagem

Booking.com

Vá de carro

Viaje de ônibus

Reserve tours guiados e transfers

Não viaje sem seguro

Seguro Viagem Geral 2

Ofertas aqui

Compre livros e muito mais

Posts Recentes

Livros para refletir sobre o racismo

No mês da Consciência Negra, alguns livros para refletir sobre o racismo, suas origens e consequências, em tempos e países diversos.

Como é o Olival em Cunha

Como é a visita a um dos lugares mais bonitos de Cunha: o Olival, na serra entre Cunha e Paraty.

Continue entre Mochilas e Malinhas

Museus de Futebol para conhecer no Brasil

No país onde o futebol é paixão nacional e tema de todas as conversas, uma lista de museus e visitas guiadas para fã nenhum botar defeito.

7 respostas

  1. Que máximo esses 6 passeios de trem no Brasil. O único que já fiz foi o do Vale dos Vinhos e amei. Quero muito conhecer os demais, principalmente o da Serra da Graciosa no Paraná. Obrigada por compartilhar.

  2. Cintia, que delícia é ter filhos pequenos e proporcionar passeios de trem para eles. Pena que tenhamos tão poucos, mas ao meso tempo isso faz com que sejam ainda mais especiais. Quando minha filha era pequena fizemos alguns desses – e um urbano, em SP, no Museu da Imigração, conhece?

  3. Amo passeios de trem e amei a sua lista! Dos que você citou, fiz o passeio Morretes x Curitiba e São João del Rei x Tiradentes. Preciso fazer os outros!

  4. Adoro andar de comboio, pois para mim é o melhor meio de transporte para apreciar a paisagem. Fiquei encantada com alguns desses passeios que sugeriu, principalmente o da Serra da Graciosa.

  5. ih, não conheço quase nada desses passeios de trem, só o de São João del Rey e Tiradentes que fui 2x até depois de adulta! Tem um de Campinas pra Jaguariuna que acho as vistas menos impactante. AH, acredita que tentei fazer o de Curitiba pra Morretes mas o trem teve q voltar no meio do caminho pq outro trem descarilou na frente? vixe…

  6. Nossaaa acho maravilhoso passeios de trem. Já anotei para poder fazer quando estiver em algum desses lugares. Acho o máximo essas viagens com crianças e tal, não sou mãe ,mas tenho muitas amigas que vão amar essas dicas para curtir com seus filhos um passeio de trem. Enquanto isso vou curtir algum desses com meu companheiro que ama trem. 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *